Imigra ao Italiana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1040 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Imigração Italiana

Situaçao na Italia


Os italianos, como todos os demais imigrantes, deixaram seu país basicamente
por motivos econômicos e sócio-culturais. A emigração, que era muito praticada
na Europa, aliviava os países de pressões sócio-econômicas, além de alimentálos com um fluxo de renda vindo do exterior.



No caso específico da Itália, depois de um longo período de mais de 20 anosde
lutas para a unificação do país, sua população, particularmente a rural e mais
pobre, tinha dificuldade de sobreviver seja nas pequenas propriedades que
possuía ou onde simplesmente trabalhava, seja nas cidades, para onde se
deslocava em busca de trabalho.



Nessas condições, portanto, a emigração era não só estimulada pelo governo,
como era, também, uma solução de sobrevivência para asfamílias. Assim, é
possível entender a saída de cerca de 7 milhões de italianos no período
compreendido entre 1860 e 1920.



Grande parte dos italianos que migrou para o Brasil eram de origem humilde,
principalmente de regiões rurais da Itália. O Brasil era visto como uma terra nova,
repleta de oportunidades. Vale lembrar que a Itália passava por uma crise de emprego
na segunda metade do século XIX,gerada, principalmente, pela industrialização do
país. O alto crescimento populacional não foi acompanhado pelo crescimento
econômico do país e pela geração de novos empregos, fazendo com que muitos
italianos optassem pela vida em outros países (Brasil, Estados Unidos, Argentina,
França, Suíça, entre outros).



Se por um lado a Itália tinha muitas pessoas querendo buscar trabalho em outrospaíses, o Brasil necessitava de mão-de-obra. Após a Abolição da Escravatura (1888),
os agricultores optaram pela mão-de-obra de origem europeia, ao invés de integrarem
os ex-escravos ao mercado de trabalho. O próprio governo brasileiro fez campanha na
Itália para atrair esses italianos para o trabalho na lavoura brasileira.

Chegada no Brasil


Os primeiros imigrantes italianos começaram a chegar aoBrasil na década de
1870. Porém, foi entre as décadas de 1880 e 1910 que houve o maior fluxo de
italianos para o território brasileiro, principalmente, para as regiões sul e
sudeste do país.o governo do Brasil estava estimulando a imigração européia,
época em que o tráfico de escravos foi abolido no Brasil e os europeus
estavam tomando o lugar da mão-de-obra escrava.



Os italianos chegaram deinício à região sul, onde estavam instalando colônias
de imigrantes. Em meados do século XIX, o governo brasileiro criou as
primeiras colônias. Estas colônias foram fundadas em áreas rurais como a
Serra Gaúcha, Garibaldi e Bento Gonçalves (1875). Estes imigrantes eram, na
maioria, da região do Vêneto, norte da Itália.

Depois de cinco anos, face ao grande número de imigrantes, o governo
teve decriar uma nova colônia italiana em Caxias do Sul. Nestas regiões
os italianos começaram a cultivar a uva e produzir vinhos. Atualmente,
estas áreas de colonização italiana produzem os melhores vinhos do
Brasil. Também em 1875, foram fundadas as primeiras colônias
catarinenses em Criciúma e Urussanga e, em seguida, as primeiras do
Estado do Paraná.
Mesmo tendo sido a região sul que primeiro recebeuos imigrantes
italianos, foi a região sudeste que recebeu o maior número de imigrantes
oriundos da Itália. Isto se deve ao processo de expansão das fazendas de
café, no Estado de São Paulo.

Rio Grande do Sul


Em 1870, o governo do Rio Grande do Sul criou colônias na
região das Serras gaúchas e esperava-se atrair 40 mil
imigrantes alemães, para que ocupassem a região. Porém, as
notícias de queos alemães estavam enfrentando problemas no
Brasil fizeram com que cada vez menos imigrantes viessem do
Império Alemão. Isso obrigou o governo a procurar por uma
nova fonte de imigrantes: os italianos. A partir de 1875,
chegaram os primeiros grupos, vindos de Piemonte e
Lombardia, e depois do Vêneto, e se instalaram nas colônias
Conde d'Eu (atualmente a cidade de Garibaldi), Dona Isabel...
tracking img