Ilha das flores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Entendimento do documentário “Ilha das Flores”.
A história nos mostra que a pobreza sempre existiu e uma grande maioria acredita que ela sempre existirá. Diferentemente dos antigos conceitos queafirmavam ser a causa da pobreza  natural, ou seja,  resultado da  determinação “divina”, os pensadores reiteram que a pobreza é tão somente o resultado da desigualdade social. Este documentário apontaos efeitos da contradição entre o capitalismo e a classe trabalhadora, afirmando categoricamente que a exclusão e a desigualdade são frutos do nosso sistema econômico. Mesmo aqueles que não são seusferrenhos defensores terão  que concordar que tal sistema contribui de forma importante para o crescimento do abismo social  que separa os “pobres mortais trabalhadores”, ou  proletários, dos grandesempresários, a velha classe dominante: os burgueses.
O autor mostra de forma contundente como o sistema econômico, no qual estamos inseridos, contribui para a desigualdade e a indiferença com anecessidade alheia. Por meio de fatos corriqueiros, o autor narra a  trajetória de alguns personagens divididos em classes sociais: uma dona de casa que vende produtos de beleza para ajudar no orçamentodoméstico, um produtor de tomates, um fazendeiro e criador de porcos e finalmente os moradores da Ilha das Flores. Na narrativa, muitas informações são mostradas através de uma linguagem científica, cujaintenção é a de  “igualar” o ser humano por meio de descrições que denotam a raça humana. Contudo, mostra o desigual tratamento dado aos “iguais” seres humanos, colocando-os inferiores aos porcos. Naconcepção do autor, o que determina a diferença entre os humanos é sua classe social, os bens que possui.
Mulheres e crianças que se alimentam de restos que foram descartados por tratadores de porcose considerados como impróprio para o consumo, podem parecer, para muitos, sentimentalismo ou exploração da desgraça alheia, no entanto  são fatos, e como tais devem ser apresentados. Graças a...
tracking img