Iepic

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1922 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
• Identificação do IEPIC
Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho

A primeira instituição brasileira para formação de professores tem 175 anos e continua em atividade. Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho (IEPIC), de Niterói, que, em contraste com sua tradição, vive as questões atuais das escolas no Brasil. Emespecial, as mudanças que a LDB determina na formação para o magistério.
O IEPIC é escola de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos, atendendo ao todo 3.900 alunos. Mas se destaca pelo curso Normal, de nível médio, que conta, hoje, com 1.100 estudantes. A procura pelo curso é alta, de acordo com a diretora doInstituto, Professora Lien Borges. Ela atribui a grande demanda ao reconhecimento da qualidade e da tradição do IEPIC, que já em 1835, seu ano de criação, dedicava-se a formar para o magistério.
De qualquer modo, face às mudanças vindas com a LDB, o curso Normal do IEPIC também sofreu modificações: sua duração,era de 4 anos agora é de 3 anos, e, na grade curricular, abriu-se espaço para que maisdisciplinas especializadas sejam oferecidas. As alterações, determinadas pela Secretaria de Educação, visam a fortalecer a formação docente de nível médio, aproximando-a dos padrões defendidos pela LDB.
O Colégio oferece disciplinas que reforçam os conhecimentos dos alunos em Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos e Educação Infantil. É uma estratégia para que os profissionais formadosencontrem seu espaço no mercado de trabalho, mesmo competindo com professores com escolaridade superior.
Sua origem data de 4 de abril de 1835, quando o então Presidente da Província do Rio de Janeiro, Joaquim José Soares de Souza ( o Visconde de Itaboraí ), sancionou o Ato nº 10 da Assembléia Legislativa, de 1º de abril do mesmo ano, que criou uma instituição de ensino com a denominação de "EscolaNormal". A primeira do Brasil e da América Latina destinada a formar educadores para o magistério da instrução primária.
Liceu Provincial, no entanto, teve vida efêmera. A Escola Normal se restabeleceu em 29 de junho de 1862, sendo festivamente reinaugurada pelo Imperador Dom Pedro II. Já aberta também ao público feminino, formou em 1866 a primeira professora primária fluminense: Joaquina MariaRosa dos Santos, filha do ator João Caetano dos Santos.Em 15 de abril de 1890, no primeiro governo republicano de Francisco Portela, a Escola Normal foi novamente extinta, sendo reabsorvida pelo Liceu de Humanidades de Niterói, agregada como simples cadeira pedagógica. Aos poucos, de reforma em reforma, vão ressurgindo as cadeiras do Curso Normal e, por fim, em 1900, a própria Escola Normal.Dessa vez, extinguiu-se o Liceu, que ressurgirá onze anos depois.Em 15 de janeiro de 1931, foi criado junto à Escola Normal o Curso Ginasial, ambos sob a denominação de Escola Norma de Niterói e Liceu Nilo Peçanha. No ano de 1938 - por um decreto do interventor do Estado do Rio, Almirante Ernani do Amaral Peixoto - a Escola Normal e o Liceu Nilo Peçanha passaram a se chamar Instituto de Educação doEstado do Rio de Janeiro. Desligado do Liceu em 1954, passou a ser chamado Instituto de Educação de Niterói.
A denominação de Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho, o IEPIC que conhecemos, foi adotada em 1965, como homenagem a uma das grandes figuras do magistério fluminense.

• Concepção do Curso Normal

Instituto deEducação Professor Ismael Coutinho



Através da história do Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho podemos reconhecer um terço da história do país através das evidências legais, interesses políticos e econômicos testemunhados no Brasil, bem como uma boa parte da recente...
tracking img