Humanismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1504 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 12 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
AULA 02 – LITERATURA
PROFª Edna Prado
Humanismo
É interessante ressaltarmos que o termo Humanismo épolissêmico, podendo ser considerado sob vários enfoques, ao mesmotempo distintos e interdependentes. Para os limites desta aula, interessanos o seu sentido mais estrito ou histórico, entendido enquanto omovimento literário e cultural de uma época marcada por profundastransformações na sociedadeeuropéia.O
Humanismo
, segunda Escola Literária Medieval, tambémconhecido como
Pré-Renascimento

ou

Quatrocentismo
, correspondeao período de transição da Idade Média para a Idade Clássica. Temcomo marcos iniciais as nomeações de Fernão Lopes como Guarda-Morda Torre do Tombo (local onde se guardavam os documentos oficiais),em 1418 e, como Cronista-Mor do Reino, em 1434, quando recebeudeD. Duarte, rei de Portugal, a incumbência de escrever a história dos reisque o precederam.Historicamente o Humanismo foi um movimento intelectualitaliano do final do século XIII que irradiou-se para quase toda a Europa,isto porque, após a queda de Constantinopla em 1453, muitosintelectuais gregos (professores, religiosos e artistas) refugiaram-se naItália e começaram a difundir uma
novavisão de mundo
, mais
antropocêntrica
, indo de encontro à visão teocêntrica medieval. Entreas principais idéias humanistas estavam:


retomada da cultura antiga
, através do estudo e imitaçãodos poetas e filósofos greco-latinos;


revalorização da filosofia de Platão, especialmente no que dizrespeito à distinção entre o amor espiritual e o carnal -
neoplatonismo
;
crítica àhierarquia medieval
, o homem reivindicando para siuma posição de destaque no Universo - não aceitação passivadas imposições místicas difundidas na idéia de destino;


bifrontismo
, coexistência de características medievais(feudalismo, teocentirsmo) e renascentistas (mercantilismo,antropocentrismo, pragmatismo burguês).
I - CONTEXTO HISTÓRICO-CULTURAL
No final da Idade Média, Portugal estavapassando por profundastransformações. O desenvolvimento de outras atividades econômicasestimulou a
crise do sistema feudal
e deu início ao chamado
mercantilismo
– a economia de subsistência é substituídagradativamente por atividades comerciais. Surgem as pequenas cidades,chamadas
burgos
, e com elas uma nova classe social, a
burguesia
.Muitas descobertas são feitas, entre elas a invenção daimprensa (em1448, por Gutenberg) e de instrumentos relacionados à
expansãoultramarina
. Mas é, sem dúvida, a
Revolução de Avis (1383-1385)
o marco cronológico da consolidação do
Estado Nacional Português
.Através dela se estabelece a política centralizadora do poder nas mãosdo rei, respaldada pela burguesia mercantilista. A partir da primeiraconquista ultramarina portuguesa, a
Tomada deCeuta, em 1415
,inicia-se o período das
Grandes Navegações
, que consolidam o
nacionalismo português
.
II- PRODUÇÃO LITERÁRIA
A produção literária desse período subdivide-se em:


Poesia Palacianacrônicas de Fernão Lopes


Prosa prosa doutrinárianovelas de cavalaria


Teatro – Gil Vicente
A
Poesia Palaciana
, como próprio nome já diz, era poesiaproduzida no ambiente dospalácios, feita por nobres e destinada àcorte. Ao contrário dos códices (manuscritos) trovadorescos, grandeparte da produção poética desse período foi recolhida por GarciaResende, no
Cancioneiro Geral
, formado por 880 composições, impressoem 1516. Entre suas principais características estão:
-

separação entre música e texto
– a poesia destina-se àleitura. Assim, a própria linguagem éresponsável pelo ritmo eexpressividade. O termo trovador aos poucos assume umcaráter pejorativo e começa a surgir a figura do poeta;
-

utilização dos redondilhos
– versos compostos por cinco(redondilhos menores) ou sete sílabas poéticas (redondilhosmaiores);
-

temática variada
– com composições religiosas, satíricas,didáticas, heróicas e líricas. O lirismo amoroso trovadoresco, apartir da...
tracking img