Homossexualidade e catolicismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7619 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Homossexualidade e catolicismo

Síntese

O objetivo principal do artigo é apresentar o pensamento que a Igreja Católica defende a respeito da homossexualidade, assim como está manifestado em alguns textos produzidos pela igreja. Ao mesmo tempo em que faço uma breve resenha das posições de alguns moralistas contemporâneos, terminando por trazer, do ponto de vista da psicologia, alguns pontosadquiridos que poderiam levar a um melhor manejo do problema da homossexualidade por parte da Igreja, levando-a a melhor compreender e ajudar as pessoas que apresentam essa tendência sexual.
Palavras-chave: homossexualidade; ética sexual católica; ajuda psicológica a homossexuais.

Contextualizando o tema

Existe uma ignorância muito grande por parte de muitos do que a Igreja Católicarealmente pensa sobre a questão da homossexualidade. O que se sabe é o que sai na mídia o que nem sempre traduz realmente o pensamento oficial da igreja. Têm-se a impressão que anda muda em relação as posições católicas. Pensa-se que ainda vive com as ideologias da idade média. Assume-se que a Igreja teria simplesmente parado nos tempos da Inquisição, o que não corresponde aos fatos. Em especial quando setoma em consideração a discussão especializada hoje em curso, seja entre moralistas, seja entre psicólogos que estudam de maneira específica o tema da homossexualidade.
Meu objetivo no presente artigo é apresentar uma informação básica a respeito do que diz atualmente o “magistério da Igreja”[1] sobre a homossexualidade e os homossexuais. E indicar, de maneira mais rápida, os deslocamentos,ênfases e reafirmações que estão ocorrendo em estudos especializados.
Não me aterei ao mérito teológico das argumentações visto que o que encontrei escrito não é suficiente para tal. Caminharei por uma perspectiva mais psicológica do tema como visto nas ciências da religião. A teologia católica ainda é extremamente conservadora, suas doutrinas permanecem rígidas, mas no tocante à pastoral (isto é, aoacolhimento e acompanhamento das pessoas) os textos eclesiásticos (e mais ainda, os dos teólogos) demonstram uma atitude de maior compreensão da complexidade do fenômeno homossexual, em cada um de seus múltiplos e distintos aspectos neurobiológicos, socio-antropológicos, psicológicos, históricos e bíblico-teológicos.
A igreja está procurando pastoralmente a ter um comportamento mais ético,procurando valorizar a pessoa humana de uma maneira cristã. É certo que isso ainda não é consenso geral, ainda há muita discussão entre os moralistas. Nos Estados Unidos, a polêmica e a dissensão são mais veementes devido à força política do movimento gay e, talvez, mais ainda em virtude da série de escândalos que surgiram no clero. Lá, hoje, o debate é escancaradamente público, quebrando inteiramente amaneira sigilosa com que, no passado, o assunto era debatido e as medidas tomadas. São circunstâncias que obrigaram o Vaticano a se expressar de maneira mais incisiva sobre essas questões.
Ao ler o conjunto dos pronunciamentos de maior peso, pode-se perceber que estão presentes na fala atual da Igreja diversas preocupações: a) ela quer estar atenta ao dizem as ciências; mas b) tem consciência deque a fonte última de seus posicionamentos está na experiência vivida pelos que se inspiram na fé cristã e na revelação de Deus. Ou seja, a Igreja não irá buscar nas ciências o critério decisivo sobre o que tem a dizer sobre a ética sexual; seus critérios e valores são evangélicos e se radicam na fé; c) ela demonstra a vontade de acolher as pessoas de orientação homossexual como filhas de Deus depleno direito; d) ela quer permanecer fiel ao que julga ser a verdadeira tradição cristã; e) ela se preocupa em proteger os fiéis contra as idéias e os costumes vigentes que contradizem os valores cristãos; f) finalmente, quer defender e preservar a família e a educação da infância e da juventude que julga ameaçadas pela atual onda de permissividade sexual.
Não é nada fácil solucionar o...
tracking img