Homeopatia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1928 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
os medicamentos homeopáticos mais utilizados no tratamento das doenças respiratórias

RESUMO

ABSTRACT
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO--------------------------------------------------------------------------------------08
2.OBJETIVOS-----------------------------------------------------------------------------------------11
3. O QUE SÃO OS MEDICAMENTOS HOMEOPATICOS--------------------------------12
4. A HOMEOPATIA NOS PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS------------------------------13
5. PERCURSO METODOLOGICO---------------------------------------------------------------15
6. ANALISE E REFLEXÃO-------------------------------------------------------------------------17
7. CONSIDERAÇÕES FINAIS --------------------------------------------------------------------18
8. REFERENCIAS-----------------------------------------------------------------------------------19

1. INTRODUÇÃO
Homeopatia é uma palavra de origem grega que significa Doença ou Sofrimento Semelhante. Foi criada e desenvolvida pelo médio Christian Friedrich Samuel Hahnemann, natural de Meissen, uma das cidades mais antiga da Saxônia região oriental da Alemanha. Hahnemann nasceu em 10 de abril de 1755 e faleceuem Paris, em 2 de julho de 1843. Formou-se aos 24 anos em medicina na Universidade de Leipzig, na Alemanha, onde iniciou sua carreira como médico.
Durante o século XVII, o pensamento médico estava dividido em duas correntes: a dos mecanicistas e a dos vitalistas Os primeiros tinham como pressupostos a percepção do organismo humano como uma maquina. Os vitalistas então entendiam a doença comoconseqüência de um desequilíbrio da energial vital do ser vivo. Estas duas correntes de pensamento refletiam tradições da medicina grega primitiva, através das escolas médicas de Cnido e Cos. Para a escola de Cnido, a patologia era de caráter localizado e estabeleciam uma terapêutica mais intervencionista do que expectativa. Por outro lado,a a escola de Cos, onde pontificou Hipocrates(460-375AC),interpretava a doença dentro do quadro peculiar de cada paciente, abordando-o como uma totalidade indivisível, apoiando a terapêutica principalmente nas reações defensivas naturais(Dantas, 1989).

Várias idéias fantasiosas sobre a origem das doenças conduziram a práticas terapêuticas nocivas aos pacientes. Esta época ficou conhecida como a “era da medicina heróica”, quando eram adotadas medidaspara provocar a “eliminação dos venenos internos” promovendo-se o aumento das excreções orgânicas. A sangria foi considerada importante forma de tratamento durante mais de meio século(1790 – 1850). Além das sangrias eram prescritas substâncias extremamente tóxicas, que atuavam como purgativos e eméticos apoiados na falsa crença que eliminariam as impurezas internas(Bodman,1990).
Durante o exercíciode sua profissão, Hahnemann foi se desiludindo com a medicina da época, tão agressiva e perigosa que muitas vezes os pacientes morriam em decorrência do tratamento, e percebeu que não havia um principio lógico na administração dos remédios.
Após 10 anos de exercício da profissão, em 1789, deixou de clinicar e passou a dedicar-se somente à tradução de livros. Certa vez, um de seus filhos ficougravemente enfermo, surgindo, então na mente de Hahnemann a idéia e a convicção de eu deveria existir uma terapêutica eficaz e lógica, passando a buscar ardorosamente essa verdade.(Barollo,2007)
Hahnemann ao traduzir a matéria medica de Cullen em 1790, discordou da explicação dada para a ação da Cinchona officinalis(quina ou quinina), planta que os nativos peruanos utilizavam para o tratamento damalária, resolveu experimentá-la em si mesmo ingerindo a quina diariamente nas doses recomendadas na época e como era sensível a esta substancia desenvolveu os sintomas similares aos que a malaria acarretava. Conclui que os sintomas resultantes da intoxicação a que se submetera, era muito semelhante aos da malaria, para cujo tratamento, a quina deveria ser o medicamento de eleição(Entralgo, 1973)....
tracking img