Historia do direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1463 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE DIREITO

RESUMO: DIREITO E HISTORIOGRAFIA



Boa Vista - RR

INTRODUÇÃO

O autor do livro Historia do Direito, em seu segundo capitulo, discorre sobre o tema, por muitas vezes defendendo que o discurso histórico sobre o direito determina-se comumente e função do próprio direito. O mesmo busca uma analise sobre a introduçãodas teorias da historia.
O estudo da história do direito traduz-se em uma forma de reafirmar o discurso dos estudos da dogmática jurídica, levando em consideração o método de observar, analisar e atuar perante o Direito segundo orientações cujos pressupostos são provados de forma cognitiva ou são levantados por experiências reais geradas por casos concretos ocorridos anteriormente. O autor aindaaborda a evolução da historiografia, a qual passa da história tradicional para a nova historia.
Ele fala ainda sobre a questão da evolução como forma de legitimar o discurso através da história, valorizando o processo evolutivo no qual o direito está hoje inserido, e reafirmando a continuidade linear da historia.
O capitulo ainda aborda o erro da Escola Histórica, em especial, a dos romanistastradicionais quando se trabalha os institutos romanos comparando-os com o direito contemporâneo, sem estudos mais aprofundados e analíticos sobre as funções desses institutos.

1 O MOVIMENTOS DOS ANNALES E A NOVA HISTORIA

A historia tradicional tendo como foco principal o fortalecimento do poder instituído, visava duas estratégias que são:

A-Vinculação da continuidade
B-Elevação dosenhor- Rei.

O texto ao falar sobre A Escola dos Annales que foi um movimento historiográfico surgido na França, durante a primeira metade do século XX. Desde o século XVIII, quando a História passou a ser notada como ciência, os métodos de se escrever e pensar sobre História conquistaram um sentido evolutivo positivista. A escola de Annales, incorporava elementos metodológicos e conceituais deoutras ciências, ou seja, a escola de Annales dotar o estudo histórico da complexidade escondida por trás das grandes sínteses narrativas da historiografia tradicional
O novo movimento historiográfico foi muito impactante e renovador, colocando em questionamento a historiografia tradicional e apresentando novos e ricos elementos para o conhecimento das sociedades. Apresentava uma História bem maisvasta do que a que era praticada até então, apresentando todos os aspectos possíveis da vida humana ligada à análise das estruturas.
2 GERAÇÕES ANNALES
Entre as modificações apresentadas pela Escola dos Annales, estava  a argumentação de que o tempo histórico apresenta ritmos diferentes para os acontecimentos, os quais podem ser de simples acontecimento, conjuntural ou estrutural. A obrade Fernand Braudel, O Mediterrâneo, foi o grande símbolo da nova concepção apresentada. Ao considerar a História não mais apenas como uma seqüência de acontecimentos, outros tipos de fontes, como arqueológicas, foram adotadas para as pesquisas. Da mesma forma, foram incorporados os domínios dos fatores econômicos, da organização social e da psicologia das mentalidades. Com todo esse enriquecimento, como jáfoi citado no paragráfo acima a outra grande novidade da Escola dos Annales foi a promoção da interdisciplinaridade que aproximou a História das demais Ciências Sociais, sobretudo, da Sociologia.
A Escola dos Annales deixou sua marca bem notável da historiografia desde então e continua existindo até hoje. Desde seu surgimento, passou por quatro fases e teve grandes nomes como representantes decada uma. A primeira delas, a fase de fundação, é identificada por seus criadores Marc Bloch e Lucien Febvre. Já em torno de 1950, é caracterizada pela direção e marcante produção de Fernand Braudel.
A partir da terceira geração a Escola dos Annales passou a receber uma identificação mais plural, na qual destacaram-se vários pesquisadores como Jacques Le Goff ePierre Nora.
A quarta geração...
tracking img