Historia de paraibuna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE BILAC
HISTÓRIA DO VALE DO PARAÍBA

COMPONENTES DO GRUPO:
Bruna Rafaela 121098
Erica Guizalbert 121395
Jessica Almeida120270
Joice Torres 120377
Regiane Machado 122382


PARAIBUNA

Trabalho apresentado como requisito de aprendizagem
para adisciplina História do Vale do Paraíba do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Bilac.

Orientador: Profº Msc. Luiz Laerte Soares.

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – SP

2012

INTRODUÇÃOVamos abordar a história de Paraibuna que é uma cidade brasileira. Mostraremos como a cidade vem se desenvolvendo com o passar dos anos, buscando novas possibilidades e alternativas para crescer, com a ajuda de novos recursos como o turismo rural, gastronomia entre outros. Abordaremos a cidade com uma nova visão, como a população vem crescendo e gerando novas oportunidades para os moradores queoferecem uma boa culinária, diversão e cultura para os visitantes.



DESENVOLVIMENTO

O nome Paraybuna é formado de três junções como Para (água), Hyb (rio) e Una (preta) que tem origem indígena e colocadas juntas forma-se Paraibuna que significa Rio de Água Escura. A sua história começou a partir do século XVII, onde homens que procederam de Taubaté e São Paulo desceram o RioPraitinga, onde encontram o Rio Paraibuna, depois de encontrar o Rio os homens se esconderam em meio à mata. Esse acontecimento ocorreu no dia 13 de junho, dia de SANTO ANTÔNIO e os homens construíram uma capela em sua homenagem. Francisco Campos acredita que tudo ocorreu no dia 13 de junho de 1666, mas Netto Caldeira afirma que os fatos aconteceram em 1700. Como não se pode ter certeza da datacorreta, pois não existem documentos que provam e esclareçam todas às duvidas, ficou considerada a data de 13 de junho de 1666. Desde desse momento foram surgindo cabanas, roças e pessoas foram se aconchegando ao local, que se localizava junto à capela, pelo determinado número de pessoas que habitaram ali já denominaram o lugar como Santo Antônio da Barra de Paraibuna e permaneceu assim por dezenasde anos, serviu também como pouso para passantes que passavam bastante por ali.
Na data de 03 de Junho de 1773, ou seja, 07 anos após seu descobrimento, o Capitão de São Paulo, D. Luiz Antônio de Souza depois de uma ordem determinou que Manoel Antônio de Carvalho, fosse para Santo Antônio da Barra de Paraibuna assumir a administração e dirigir o lugar, no documento que estava escrito aordem de alguém assumir a administração do local, tinha também uma determinação onde dizia que os “foros, vadios e vagabundos, sem domicílios certos e sem utilidade para a República habitassem o lugar denominado Paraibuna”.
Quando os moradores que já habitavam em Paraibuna, souberam que vadios e vagabundos teriam que ir morarem na vila, não gostaram, pois eles em 1775 teriam conseguido arevogação da tal ordem com a consequente concessão da Carta de Sesmaria. Essa carta os tornava proprietários das terras onde se localizava a cidade de Paraibuna. Tiveram quatro sócios João Simões Tavares, Manuel Garcia Rosa, Manuel Motta e José Pereira que receberam uma légua de terras em quadra e podiam fazer delas o que quisessem e achassem melhor, mas sempre respeitando a Lei Foral da Sesmaria....
tracking img