Historia da sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1839 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
*As transformações no Ocidente;

A Sociologia como “ciência da sociedade” não
surgiu de repente, ou da reflexão de algum autor ilu-
minado; ela é fruto de todo um conhecimento sobre a
natureza e a sociedade que se desenvolveu a partir do
século XV, quando ocorreram transformações significativas que tiveram
como resultado a desagregação da sociedade feudal e a constituição da
sociedadecapitalista. Essas transformações- a expansão marítima, o
comércio ultramarino, a formação dos Estados nacionais, a Reforma
Protestante e o desenvolvimento científico e tecnológico _ estão vin-
culadas umas às outras e não podem ser entendidas de forma isolada.
Elas são o pano de fundo que permite entender melhor um movimento
intelectual de grande envergadura que alterou profundamente as formasde explicar a natureza e a sociedade desde então.
Ao mesmo tempo em que se conheciam novos povos e novas
culturas, instalavam-se colônias na África, na Ásia e na América, ocorrendo
com isso a expansão do comércio de mercadorias (sedas, especiarias e produtos
tropicais, como açúcar, milho, tabaco e café) entre as metrópoles e as colônias,
bem como entre os países europeus. Nascia então apossibilidade de um mer-
cado muito mais amplo e com características mundiais.

*A hegemonia Burguesa;

Na maioria dos países europeus no final do século XVIII, a burguesia comer-
cial, formada basicamente por comerciantes e banqueiros, tornou-se uma classe
com muito poder, na maior parte das vezes, por causa das ligações econômicas
que mantinha com os monarcas.
Ao se desenvolver amanufatura, os organizadores da produção passaram
a se interessar cada vez mais pelo aperfeiçoamentodas técnicas de produção,
visando produzir mais com menos gente, aumentando significativamente os
hlcros. Para tanto, procuraram investir nos “inventos”, isto é, financiar a criação
de máquinas que pudessem ter aplicação no processo produtivo. Foram criadas,
nesse contexto, as máquinas de descaroçar ede tecer algodão, e se iniciou a
aplicação industrial da máquina a vapor e de outros tantos inventos destinados
a aumentar a produtividade do trabalho. Desenvolveu-se então o fenômeno que
veio a ser chamado de maquinofatura. O trabalho que os homens realizavam
com as mãos ou com ferramentas passou, a partir de então, a ser feito por meio
de máquinas, elevando muito o volume da produção demercadorias.

*principais teóricos da sociologia;

*Claude-Henri de Rouvroy _ Conde de Saint-Simon _, apesar de pertencer à nobreza, avaliava que o Antigo Regime estava corrompido e não podia durar muito mais. Durante a Revolução Francesa, renunciou ao título de conde e adotou o nome plebeu Claude Henri Bonhomme.Saint-Simon via a história como uma sucessão de épocas críticas (momentos de crise)e épocas orgânicas (assentadas em crenças e valores bem estabelecidos). Defendia a ideia de que o apogeu de um sistema coincidia com o
início de sua decadência e apontava três épocas orgânicas na história ocidental:
a Antiguidade greco-romana, seguida pela época crítica das invasões bárbaras:
a Idade Média, seguida pela época crítica do Renascimento até a Revolução
Francesa, e a eraindustrial, que já se podia vislumbrar.
Saint-Simon detectava a existência de duas grandes classes em sua época
e na sociedade francesa em particular: a dos ociosos (a realeza, a aristocracia e
o clero, os militares e a burocracia que administrava a estrutura dos que nada
produziam) e a dos produtores ou industriais (cientistas, engenheiros, médicos, banqueiros, comerciantes, industriais, artesãos,lavradores, trabalhadores
braçais, enfim, todos os cidadãos úteis para o desenvolvimento da França).

*Auguste Comte e o positivismo
A obra de Auguste Comte está permeada pelos acontecimentos que mar-
caram a França pós-revolucionária. Ele defendeu em parte o espírito de 1789
e criticou a restauração da monarquia, preocupando-se fundamentalmente em,como organizar a nova sociedade, que,...
tracking img