Historia da quemica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2040 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM QUÍMICA
COMPONENTE CURRICULAR FÍSICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL
PROFESSORA: DAUCI PINHEIRO RODRIGUES

ALUNO Vagner Galdino de Souza

RELATÓRIO – EXPERIMENTO Nº 07

DETERMINAÇÃO DE ORDEM DE REAÇÃO

Campina Grande
2011-06-19
Universidade Estadual da Paraíba
Centro deCiências e Tecnologia
Departamento de Química

Laboratório de Físico-Química Experimental I
Professora: Dauci Pinheiro Rodrigues
Aluna: Vagner Galdino de Souza
Curso: Licenciatura em Química; Mat: 081055080
Título e nº do Experimento: determinação da ordem de reaçao. Experimento 07.
Data do Experimento:
Recebido em: ___/___/___ Por: ___________

Correção

Preparação:_________________________
Relatório:____________________________
Prova: ______________________________
Nota Global: ___________ (_____________)
Rubrica do (a) Professor (a) _____________

Sumário

1Introdução____________________________________________________ 4
2Objetivo_______________________________________________________6
3Material ______________________________________________________74Reagentes____________________________________________________7
5Procedimento__________________________________________________7
6Resultados e discursão___________________________________________9
7Aplicação dos resultados________________________________________10
8Conclusão___________________________________________________ 17
9Referências___________________________________________________181. INTRODUÇÃO
A velocidade (V) de uma reação deve ser entendida como a mudança da concentração ([A]) de um reagente ou produto, dividido pelo intervalo de tempo (t) no qual a mudança ocorre. Ou seja:
V=dxdt
Se condiderar uma reação genérica do tipo
aA+bB+…=mM+nN+…
A velocidade pode ser dada pela equação:
v=k[A]α[B]β
Onde α e β e a ordem de reação em relação a A e a B, respectivamente. Asoma α+β é a ordem global da reação que maior, menor ou igual a zero bem como valores fracionados.
A ordem de uma reação pode ser dada através da equação v=k[A]α[B]β. Mantendo a concentração [B] constante temos:
v=k'A onde k'=k[B]
Aplicando logaritmo na equação temos:
logv0=logk+αlog⁡[A]0
O gráfico dessa equação é uma reta cujo coeficiente angular é α (ordem da reação).
A velocidade media,Vm, de uma reação pode ser escrita como:
Vm=C∆t
Onde C é a constante e ∆t é a variação de tempo. Considerando o tempo inicial igual a zero temos que:
v0=Ct
Aplicando logaritmo temos:
logv0=log1t+logC
Substituindo v0 por logk+αlog⁡[A]0 tem-se:
log1t=logk'+αlogA-logC
O gráfico a quaçao é uma reta de coeficiente angular igual a α.
Na pratica, pode-se observar a sequinte reação:S2O32-+2H+→SS+SO2(g)+H2O
Tem equação diferencial igual a:
-dS2O32-dt=k[S2O32-]α[H+]β
Onde α+β é a ordem de reação em relação a S2O32- e a H+, respectivamente.
Para encontrar a energia de ativação, pode-se utilizar a equação:
lnk=-ERT+lnA
Pode-se determinar a energia de ativação a partir de k1,k2 e t1,t2 da seguinte forma:
lnk1k2=ER(1T2-1T1)
Onde k1 é a constante a temperatura t1 e k2 a constante atemperatura t2.

2. OBJETIVO
Determinar a ordem de reação em relação ao tiosulfato de sódio e ao acido clorídrico.

3. PRODUTOS QUIMICOS UTILIZADOS
* Tiosulfato de sódio (0,3M e 1M)
* Acido clorídrico (0,3M e 2M)
* Água destilada
* Gelo
4. MATERIAL UTILIZADO
* Beckers de 100, 1000ml
* Pipetas volumétricas de 10, 25ml
* Pipetas graduadas de 5ml
*Cronometro
* Termômetro de 100°C
* Proveta de 50, 10ml
5. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL
Procedimento 1- Determinação da ordem da reação em relação ao tiossulfato.
Para cada uma das combinações indicadas na tabela 1, adicione em um Becker de 100ml os seguintes volumes:
Tabela 1- Dados utilizados no procedimento 1
Combinações | Na2S2O3(0,3M) | H2O |
1 | 25mL | - |
2 | 20 mL | 5 Ml |
3...
tracking img