Historia da florence

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3893 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNDAÇÃO EDUCACIONAL DE FERNANDÓPOLIS
FACULDADES INTEGRADAS DE FERNANDÓPOLIS
CURSO DE ENFERMAGEM

NOMENCLATURA CIENTÍFICA

DOCENTES:
ARLÉIA DIAS GOMES
MARIA VIGONETI ARAÚJO LIMA ARMELIN
NICÉZIA VILELA JUNQUEIRA FRANQUEIRO

FERNANDÓPOLIS
2012

NOMENCLATURA CIENTÍFICA

OBJETIVOS

• Facilitar ao aluno a compreensão dos termos científicos que são utilizados na história clínica dopaciente, redigidos no seu prontuário.
• Proporcionar subsídios ao aluno para a elaboração de anotações de enfermagem no prontuário do paciente.

INTRODUÇÃO

As raízes ou radicais primários das palavras, combinadas com um prefixo e sufixo, são comumente usadas na terminologia científica, sendo que ambos têm origem grega ou latina.

PREFIXO: significa fixado oudeterminado ANTES, prefixado. São sílabas que antecedem a raiz de uma palavra, modificando o seu significado e formando uma nova palavra.

SUFIXO: significa fixado ou determinado DEPOIS, posterior às raízes das palavras primitivas.

Tanto os prefixos como os sufixos formam palavras novas que conservam, de regra, uma relação de sentido com o radical derivante.Exemplo: EM + POBRE + ECER

↓ ↓ ↓

Prefixo Radical Sufixo

A seguir você encontrará uma relação de radicais, prefixos e sufixos com o respectivo significado. Cabe a você memorizar os principais termos científicos, favorecendo o seu crescimento profissional.

A – PREFIXOS E RADICAIS

1. A ou NA(prefixo grego) – privação, negação.

Afasia: perda da habilidade de falar ou, às vezes, de entender palavra falada devido lesão cerebral.

Afagia: ausência de deglutição.

Afebril: ausência de febre.

Analgesia: ausência de dor.

Afonia: perda da voz por lesão periférica, como na paralisia da laringe ou nos tumores das cordas vocais.

Anúria: ausência de urina/diurese (< 50mL/24 horas)2. ANTE (prefixo latino) – posição anterior, na frente.

Antebraço: segmento do membro superior, do cotovelo ao punho.

3. ANTERO (prefixo latino) – adiante.

Anteroposterior: referente tanto a parte anterior quanto à posterior.

Antero-superior: situado à frente e acima.

4. ANTI (prefixo grego) – ação contrária, oposição.

Antiácido: medicamento que combate aacidez gástrica.

Antiespasmódico: medicamento que combate espasmos/cólicas.

Anti-helmíntico: medicamento que combate parasita intestinal.

Antisséptico: soluções que inibem e destroem parcialmente bioagentes patogênicos (termo usado em seres vivos).

Antipirético: medicamento que combate a febre.

5. AUTO (radical grego) – próprio, por si mesmo.

Auto-agressão: agressão a simesmo.

Auto-análise: análise a si mesmo.

Auto-imunização: imunização obtida por meio de processos naturais no interior do organismo.

6. BIO (radical grego) – vida.

Bioestatística: ramo da estatística que estuda os erros e as probabilidades em sistemas biológicos.

Biópsia: procedimento onde se retira fragmentos de tecidos ou de órgãos para exameanátomo-patológico.

Biologia: ciência da vida.

7. BRADI (radical grego) “lentidão”/diminuição.

Bradicardia: diminuição da freqüência cardíaca (< 60bpm/min.)

Bradifagia: lentidão na deglutição.

Bradifasia ou Bradilalia: lentidão na fala.

Bradipepsia: digestão lenta.

Bradipneia: diminuição na frequência respiratória.

Bradicinesia: lentidão dos movimentos.

8. CARDIO (radicalgrego) – relação com o coração.

Cardiotônico: medicamento que estimula a função cardíaca.

Cardiopatia: doença do coração.

Cardiotóxico: substância tóxica ao coração.

Cardiomegalia: aumento do coração.

9. CEFAL (radical grego) – relação com a cabeça.

Cefaléia ou cefalalgia: dor de cabeça.

10. CISTO (radical grego) – célula.

Cistografia: radiografia para...
tracking img