Historia da arte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9920 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O início do século XVI, il Cinquecento, constitui o mais famoso período da arte italiana e um dos maiores períodos de todos os tempos. Foi a época de Leonardo da Vinci e Miguel Ângelo, de Rafael eTiciano, de Correggio e Giorgione, de Durer e Holbein no Norte, e de muitos outros mestres famosos. Poder-se-á perguntar por que foi que Iodos esses grandes mestres nasceram no mesmo período, mas taisperguntas são mais facilmente formuladas do que respondidas. Não se pode explicar a existência do gênio. É preferível apreciá-lo. O que lemos a dizer, portanto, nunca poderá ser uma completa explicação do grande período chamado a Alta Renascença, mas tentaremos ver quais foram as condições que possibilitaram essa súbita eflorescência de gênio.
Vimos o começo dessas condições muito antes, noperíodo de Giotto. Sua fama era tão grande que a Comuna de Florença se orgulhava dele e estava ansiosa por ter o campanário de sua catedral projetado por tão renomado mestre. Esse orgulho das cidades, que rivalizavam entre si para assegurar os serviços dos grandes artistas que embelezassem seus edifícios e criassem obras de fama duradoura, foi um grande incentivo para que os mestres se excedessemmutuamente, um incentivo que não existia no mesmo grau nos países feudais do Norte, onde as cidades tinham muito menos independência e orgulho local. Depois veio o período das grandes descobertas, quando os artistas italianos se voltaram para a Matemática a fim de estudarem as leis da perspectiva, e para a Anatomia, com o propósito de estudarem a construção do corpo humano. Os horizontes do artistaampliaram-se através dessas descobertas. Ele deixou de ser um artífice entre artífices, pronto a executar encomendas de sapatos, armários ou pinturas, conforme o caso. Era agora um mestre dotado de autonomia, que não poderia alcançar fama e glória sem explorar os mistérios da natureza e sondar as leis secretas do universo. Era natural que os artistas mais destacados que alimentavam essas ambições sesentissem ofendidos por seu status social. Este era ainda o mesmo que já existia na Grécia antiga, quando os esnobes podiam aceitar um poeta que trabalhava com o cérebro, mas jamais um artista que trabalhava com as próprias mãos. Aí estava outro desafio que os artistas teriam que enfrentar, outro estímulo que os impelia a realizações cada vez maiores, capazes de obrigarem o mundo circundante aaceitá-los, não só como respeitáveis chefes de prósperas oficinas, mas também como homens dotados de talentos preciosos e inigualáveis. Foi uma luta difícil e sem êxito imediato. O esnobismo e o preconceito social são forças poderosas e havia muita gente que convidaria prazerosamente para a sua mesa um erudito que falava latim e sabia usar a frase certa em qualquer ocasião, mas hesitaria em ampliar umprivilégio idêntico a um pintor ou escultor. Uma vez mais, foi o amor à fama, por parte dos mecenas, que ajudou os artistas a derrubarem esses preconceitos. Havia muitas pequenas cortes na Itália que precisavam desesperadamente de honra e prestígio. Erigir magníficos edifícios, encomendar esplêndidos túmulos ou grandes ciclos de afrescos, ou dedicar uma pintura para o altar-mor de uma famosaigreja, era considerado um modo seguro de perpetuar-se o próprio nome e de adquirir um monumento condigno à sua existência terrena. Como havia muitos centros competindo pelos serviços dos mestres mais famosos, estes podiam, por seu turno, ditar seus termos. Em épocas anteriores, era o príncipe quem concedia seus favores ao artista. Agora, os papéis estavam quase invertidos e era o artista quemconcedia um favor a um rico príncipe ou potentado, aceitando uma encomenda dele. Assim, aconteceu que os artistas puderam freqüentemente escolher a espécie de encomenda de que gostavam, e deixaram de precisar acomodar suas obras aos caprichos e fantasias de seus clientes. E difícil decidir se esse novo poder foi, a longo prazo, uma pura bênção para a arte. Mas no inicio, de qualquer modo, teve o...
tracking img