Hipersensibilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1479 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumario

* O que é hipersensibilidade?____________________________________________
* Hipersensibilidade da classe1_____________________________________ 3
* Hipersensibilidade da classe1____________________________________
Hipersensibilidade da classe 2____________________________________ 4
* Hipersensibilidade da classe 2____________________________________
Hipersensibilidadeda classe 3____________________________________ 5
* Hipersensibilidade da classe 3____________________________________
Hipersensibilidade da classe _____________________________________ 6
* Hipersensibilidade da classe 4____________________________________ 7
* Conclusão___________________________________________________ 8
* Referenciabibliográfica_________________________________________ 9

O que é hipersensibilidade?
Disturbios ocasionados pelas respostas imunes levam o nome de doenças de hipersensibilidade. As mesmas são reações estremas, indesejáveis, que causam danos, são desconfortáveis, podendo até ser fatal, produzidas pelo sistema imune normal. Reações de hipersensibilidade apresentam um estado pré-sensibilizado (imune) do hospedeiro. Reações dehipersensibilidade podem ser divididas em quatro tipos: tipo I, tipo II, tipo III e tipo IV, baseados nos mecanismos envolvidos e tempo levado para a reação. Frequentemente, uma condição clínica particular (doença) pode envolver mais de um tipo de reação. Sendo então uma resposta imune excessiva. As respostas para antígenos estranhos podem ser desreguladas ou não controladas tendo como resultado lesão tecidual.A hipersensibilidade é classificada de acordo com o mecanismo imunológico principal que é responsável pela lesão tecidual e a doença
Hipersensibilidade da classe 1 (imediata):
É uma reação rápida da musculatura vascular e lisa, mediada por IgE e pelos mastócitos, geralmente seguida por inflamação ,que ocorre em alguns indivíduos quando do encontro com certos antígenos estranhos, aos quaisforam expostos previamente. As reações de hipersensibilidade imediata são também chamadas de alergia. Geralmente a hipersensibilidade do tipo I manifesta-se na forma de febre, alergia aos alimentos, asma brônquica, anafilaxia.
Nas pessoas que possuem tendência a alergias, o encontro com alguns antígenos resulta na ativação das células Th2 e na produção de IgE. A hipersensibilidade imediata sedesenvolve como uma consequência da ativação das células Th2 em resposta aos antígenos proteicos ou substâncias químicas que se ligam às proteínas.
Duas das citocinas secretadas pelas células Th2, IL-3 e IL-4, estimulam os linfócitos B específicos para os antígenos estranhos para trocar para as células produtoras de IgE. Então, os indivíduos atópicos produzem grandes quantidades de anticorpo IgE emresposta aos antígenos que não evocam as respostas IgE na maioria das pessoas. Sabe-se que a propensão ao desenvolvimento Th2 da produção de IgE e a hipersensibilidade mediata têm uma forte base.

O anticorpo IgE produzido em resposta a um alergeno se liga aos receptores Fc de alta finidade dos mastócitos. Esse processo derevestimento dos mastócitos com IgE é chamado de “sensibilização”,porque o revestimento com IgE específico para um antígeno torna os mastócitos sensíveis à ativação pelo encontro subsequente com esse antígeno. Os mastócitos estão presentes em todos os tecidos conjuntivos, e quais dos monócitos do corpo são ativados pela ligação cruzada da IgE específica ao alergênio dependem da rota de entrada doalergênio. Uma teoria que explica a ocorrência de sensibilização é a “teoria da higiene”, que relaciona a predisposição genética com uma série de fatores como ambientes livres de germes, antibioticoterapia,vacinação e industrialização. Tudo isso seria, de acordo com essa teoria, responsável pela grande ocorrência de alergias em nossos tempos. Quando os mastócitos sensibilizados pela IgE são...
tracking img