Eletromagnetismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7270 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto de Educação do Paraná Professor Erasmo Pilotto

Eletromagnetismo

Trabalho apresentado
pelos alunos do 3º ano
D,do Ensino médio,
do colégio IEPPEP,
sob a orientação da
professora Lucimara.
Alunos:Caroline nº 04
Loriane nº 14
Melyssa nº 18
Thalita nº 21
Thamiles nº 22

Curitiba
2012
Sumário pág.
Introdução 3
Magnetismo 4Leis Físicas 6
Campo Magnético 8
– Campo magnético em campo condutor retilíneo 8
– Campo magnético em espira circular 8
– Campo magnético em solenoide 9
Indução Magnética 10
- Fluxo de Indução 10
- Variações de fluxo 11
Experiência de Oersted 13
Força Magnética 14
– Força magnética sobre cargas elétricas15
– Força magnética sobre condutor retilíneo 16
– Força magnética entre condutores paralelos 17
Indução Eletromagnética 19
- Leis de Faraday 20
Ondas Eletromagnéticas 24
Situações Cotidianas 25
Experimentos Práticos 26
Anexos 27
Conclusão 36
Referências Bibliográficas 37

Introdução

Eletromagnetismo é ocampo da física que estuda os fenômenos relacionados a atração e repulsão entre objetos metálicos em determinadas situações. Durante o trabalho será possível observar as leis aplicadas a esses objetos, suas reações e variáveis.

Magnetismo
William Gilbert, médico da rainha Elizabeth I, interessava-se pela natureza dos fenômenos magnéticos da matéria e descreveu corretamente a Terra como umgigantesco ímã, cujos pólos magnéticos coincidem de modo aproximado com os de seu eixo de rotação. No entanto, suas tentativas de explicar os movimentos planetários como resultantes de forças magnéticas fracassaram e só mais de meio século depois Isaac Newton os atribuiria à força de gravitação.
Magnetismo é o fenômeno físico que consiste nas forças de atração e repulsão exercidas por alguns metais,como o ferro-doce, o cobalto e o níquel, devido à presença de cargas elétricas em movimento.
As civilizações antigas conheciam a magnetita, mineral que atrai o ferro. Até o início do século XVII tais fenômenos não haviam sido estudados de forma sistemática, o que foi feito pela primeira vez por William Gilbert, em De Magnete (1600; Sobre os ímãs), que enunciou suas propriedades e descobriu ocampo magnético terrestre utilizando bússolas rudimentares.
No final do século XVIII, Charles-Augustin de Coulomb elaborou para a magnetostática leis semelhantes às que regiam os movimentos de atração e repulsão entre cargas elétricas em repouso. Assim, postulou que uma força magnética era diretamente proporcional a grandezas, que denominou unidades de magnetização, ou intensidades de pólomagnético, e inversamente proporcional ao quadrado da distância que separa os objetos imantados.
No século XIX, em decorrência dos experimentos realizados por Hans Christian Oersted e Michael Faraday, e das expressões matemáticas de James Clerk Maxwell, unificaram-se as leis da eletricidade e do magnetismo e este passou a ser considerado uma forma de manifestação das cargas elétricas em movimento.
Nafísica estudam-se as duas fontes de fenômenos magnéticos: os ímãs e as cargas livres nos condutores, que transmitem uma corrente elétrica.
A detecção de um campo magnético em um meio é feita pela influência que exerce sobre uma bússola ou carga elétrica em movimento. Assim, pode-se definir a indução de campo magnético como a força que este exerce perpendicularmente sobre uma carga unitária develocidade, também igual a um. A expressão matemática desta relação, chamada de Lorentz, é:
F = q v x B
Em que a força F, a velocidade v e a indução B possuem caráter vetorial, a carga q é um número positivo ou negativo, e o símbolo x representa um produto vetorial que significa que a força resultante é perpendicular tanto à velocidade da partícula carregada como ao campo magnético visto como...
tracking img