Hiperatividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4795 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DISTÚRBIO DE CONDUTA E TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE: UMA ANÁLISE DIFERENCIAL
 
RESUMO
É cada vez maior o número de pais que procuram tratamento para o filho com comportamentos inadequados que se assemelham aos característicos do Transtorno de Deficit de Atenção/ Hiperatividade TDAH, relacionados a inatenção, hiperatividade e impulsividade, mas que nem sempre correspondem aotranstorno. Este trabalho teve como objetivo analisar as queixas clínicas dos aspectos comportamentais que caracterizam o TDAH em crianças e adolescentes, através da pesquisa documental. Participaram da análise, 17 casos com queixa de pais e professores sobre os comportamentos apresentados pelas crianças em fase escolar fundamental. As queixas nomeadas de maior incidência e impacto foram: “faltade atenção” (28%) e “agitação” (21%). Nomeações como “problemas de comportamento” (9%), “impulsividade” (5%), “impaciência” (5%), “nervosismo” (2%), “rebeldia” (2%), sugeriram comportamentos coexistentes de uma mesma categoria relacionada à inabilidade social (24%). Outras queixas apareceram relacionadas às dificuldades na aprendizagem (7%). Complementando o estudo com pareceres interdisciplinares,neurológico, psicológico e pedagógico, observou-se que foi atribuído diagnóstico de TDAH somente a três casos, correspondendo a 17% da amostra. O estudo concluiu que as queixas dos pais e professores tiveram correlação sem significância estatística, quanti e qualitativa com os sinais sugestivos de TDAH.
Palavras-chave: Transtorno, inatenção, impulsividade, hiperatividade, comportamento, criança 

INTRODUÇÃO
Nos dias atuais, o termo hiperatividade é corriqueiramente usado por pais e professores para caracterizar o comportamento agitado da criança, podendo ser confundido com outros transtornos ou mesmo com uma fase de desenvolvimento, mais ativa, pela qual a criança está passando. Por falta de diagnóstico adequado e emprego de avaliações multifatoriais clínicas, médica, psicológica eeducacional, ocorrem interpretações equivocadas da criança, que é tida como mal educada, rebelde, agressiva, sem limites e que, além disso, enfrenta dificuldades na aprendizagem.
A criança com TDAH representa um verdadeiro desafio para pais e professores que não sabem como lidar com ela; desta maneira, faz-se necessário definir e caracterizar o quadro, não somente para eles, mas também para aprópria criança, esclarecendo sobre suas dificuldades e experiências desestruturantes causadas pelo problema. Assim, a posse dos conceitos básicos sobre o transtorno, poderá significar um recurso útil aos profissionais e familiares, ajudando-os no processo diagnóstico e terapêutico, evitando o incentivo a rótulos equivocados à criança mais ativa ou desinteressada, como portadora do TDAH.
Foi com estapreocupação que este estudo buscou compreender como os pais entendem a sua criança, com seus comportamentos considerados por eles como hiperativos e inatentos, utilizando-se da análise documental para a compreensão das incidências de queixas relacionadas a sinais sugestivos do TDAH.

CARACTERIZAÇÃO DO TRANSTORNO
A Hiperatividade, ou Transtorno Hipercinético, atualmente é classificada pelo DSM– IV (2002), como Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade (TDAH). Pesquisas indicam que o TDAH atinge 3 a 5% das crianças menores de 10 anos (Souza, 2002; Barckley, 2003).
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV, 2002) é definido como tendo um padrão persistente de inatenção, hiperatividade e/ouimpulsividade, em grau maior que aquele observado em outras pessoas com a mesma faixa etária e de desenvolvimento. Os sintomas devem estar presentes antes dos sete anos de idade em pelo menos dois contextos diferentes, sendo a manifestação comportamental com nível de interferência significativa no funcionamento social, acadêmico ou ocupacional.
De acordo com Domingos e Risso (2000) os primeiros...
tracking img