Hinduismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1593 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Hinduísmo
De onde viemos ?
O Hinduísmo, na verdade, se compõe de toda uma intersecção de valores, filosofias e crenças, derivadas de diferentes povos e culturas, pois a sua utilização deriva-se de hindu a denominação dada pelos persas e gregos aos povos que habitavam .a religião está contidas nos quatro livros sagrados onde diz as crenças , e são: o Rig-veda; o Sama-veda; o Yajur-veda e oAthara-veda  Embora possua um vasto panteão de divindades, o hinduísmo possui uma trindade principal que é composta por Brahma, Vishnu, e Shiva (criação, preservação e destruição) –Segundo os ensinamentos hinduístas o mundo material em que vivemos é uma mera ilusão, em que Maya (a ilusão), faz parecer real para enganar os homens e fazê-los sofrer.

Para que estamos aqui ?
Aqueles que seguem o Hinduísmodevem respeitar as coisas antigas e a tradição; acreditar nos livros sagrados; acreditar em Deus; persistir no sistema das castas (determina o status de cada pessoa na sociedade); ter conhecimento da importância dos ritos; confiar nos guias espirituais e, ainda, acreditar na existência de encarnações anteriores.  Enquanto não atingimos a libertação final - chama de moksha -, passamoscontinuamente por mortes e renascimentos. Este ciclo é denominado Roda de Samsara, da qual só saímos após atingirmos a Iluminação. O hinduísmo ensina que os homens possuem uma alma eterna e indestrutível (atma), que faz parte de Brahma, e que todos devem trabalhar para alcançarem a liberdade (moksha) e voltarem para Brahma. Esta libertação é alcançada através da quebra do ciclo de existências sucessivas(samsara), ou seja, o homem a cada existência, através do conjunto das suas acções (karma), constrói a sua próxima existência, enquanto o homem não conseguir alcançar o nirvana (estado de plenitude e de conhecimento de si mesmo e do universo) o homem após a morte retorna para uma nova existência, que pode ser na forma de homem ou de animal (metempsicose). A religião hindu reconhece três caminhos parase alcançar a libertação (moksha): p caminho do conhecimento (Jnana Marga), o caminho da devoção (Bhakti Marga) e o caminho das obras rituais (karma marga), dentro deste contexto estimula a prática de Yoga, que é uma forma de subjugar o corpo à alma, assim como de unir a alma individual (atma) a alma universal (brahma), e a meditação transcendental como formas de elevação espiritual que podemajudar o homem a alcançar a iluminação e a liberdade do mundo ilusório, além destes, são importantes também a oração, e o ascetismo (libertação dos aspectos materiais do mundo).

Para onde vamos?

O nascimento de uma pessoa dentro de uma casta é resultado do karma produzido em vidas passadas. Somente os brâmanes, pertencentes as castas "superiores" podem realizar os rituais religiosos hindus eassumir posições de autoridade dentro dos templos.A trajetória que a alma terá é traçada de acordo com as ações praticadas aqui na Terra (lei do Carma); A libertação final da alma (moksha) determina o fim do ciclo da morte e do renascimento;Acredita também na possibilidade de libertação do homem do ciclo da reencarnação. A ética hinduísta consiste em quatro noções: é preciso aspirar à virtude, mesmo emdetrimento de certos bens materiais; a virtude é a prática da não-violência; tem que sofrer pelos outros; e os vícios conduzem ao destino demoníaco que é a vida transmigrante.
-------------------------------------------------

Budismo
De onde viemos ?
O budismo não tem uma definição, tendo aquela que qualquer praticante lhe queira atribuir. Ela pode ser denominada de caminhode crescimento espiritual, através dos ensinamentos dos Buddhas.
Para que estamos aqui?
Basicamente, os ensinamentos do budismo são: evitar o mal, fazer o bem e cultivar a própria mente. O objetivo é o fim do ciclo de sofrimento, despertando no praticante o entendimento da realidade última. Sua filosofia é baseada em verdades a existência está relacionada à dor, para superar a dor deve-se antes livrar-se da dor e...
tracking img