Hemoglobolina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1628 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ministério da Saúde

Direcção-Geral da Saúde
Assunto:
Para:
Contacto na DGS:

Profilaxia da Isoimunização Rh

Circular Normativa
Nº: 2/DSMIA
DATA: 15/01/07

A todos os Estabelecimentos de Saúde que prestam cuidados às grávidas
Divisão de Saúde Materna, Infantil e dos Adolescentes

Durante a gravidez, o tecido que separa os vasos placentares (onde circula sangue do feto) do espaçointerviloso (onde circula sangue materno) vai diminuindo de espessura, permitindo que as trocas de
sangue entre mãe e feto vão aumentando até ao termo da gestação. A partir da 6ª semana de
gravidez, quando o feto Rh + começa a ter antigénio Rh em circulação, é induzida a produção de
anticorpos anti-D, nas grávidas Rh-, ficando estas sensibilizadas.
Numa futura gestação, a consequência destasensibilização será a doença hemolítica perinatal
(DHPN), situação responsável por uma morbilidade e mortalidade perinatal significativa. A
incompatibilidade do sistema Rh, entre mãe e feto, é responsável por 95% dos casos de DHPN; os
restantes 5% estão relacionados com anticorpos irregulares que podem ocorrer mesmo nas grávidas
Rh +.
Em Portugal, tal como verificado a nível mundial, cerca de15% das grávidas são Rh -. Mesmo na
ausência de intercorrências, cerca de 2% dessas grávidas vão sensibilizar para o Rh antes do parto, e
cerca de 16% vão fazê-lo durante o parto, se não houver profilaxia.
No Estudo epidemiológico dos óbitos no período perinatal alargado referente ao ano de 2004, verificaram-se 6
óbitos devidos a isoimunização Rh. Embora se desconheça exactamente o número decasos de
morbilidade grave motivada pela mesma situação clínica, sabe-se que é muito maior que os casos de
morte.
Os estudos existentes na literatura são unânimes em considerar que a administração de
Imunoglobulina (Ig) anti-D às 28 semanas de gestação a mulheres Rh-, é uma intervenção eficaz na
prevenção da DHPN, reduzindo o risco de isoimunização de 2 para 0,1%. A relação custobenefício épositiva se considerarmos as mortes fetais e neonatais evitadas, as deficiências
prevenidas, o tratamento fetal e neonatal e também os custos indirectos relacionados com os
problemas emocionais e familiares decorrentes desta doença.
A administração de Ig anti-D às 28 semanas, ao contrário de outras medidas profiláticas após o
parto ou o aborto espontâneo/induzido, por exemplo, não é uma práticacorrente em todas as
Instituições em Portugal.
Neste contexto, considerando os benefícios que advêm para as futuras mães e crianças da profilaxia
da isoimunização Rh às 28 semanas de gestação e, tendo em vista garantir a equidade no acesso aos
cuidados de saúde, a Direcção-Geral da Saúde estabelece que:
1. a imunoglobulina anti-D (300 mcg) deve ser disponibilizada, às 28 semanas de gestação,a todas as grávidas RH- não sensibilizadas.
2. as farmácias hospitalares e as das regiões devem organizar-se de modo a poder responder
às necessidades das grávidas seguidas nos serviços públicos de saúde da sua área de
influência.

Circular Normativa
3. de acordo com o despacho N.º1051/2000, deverá ser sempre preenchido o impresso
modelo n.º1804 da Imprensa Nacional, referente àadministração de produtos
hemoderivados.
4. é obrigatório o registo datado da administração da Ig anti-D no Boletim de Saúde da
Grávida.
5. a administração da Ig anti-D é condicionada pelo prévio consentimento livre e
esclarecido por parte da grávida. Este esclarecimento deve abranger informação relativa
ao eventual risco associado aos hemoderivados e a possibilidade da não administração se
o paibiológico for Rh-.
Após a administração de Ig anti-D às 28 semanas, o teste de Coombs indirecto será sempre positivo,
pelo que não é necessário realizá-lo.
Quando a imunoglobulina foi administrada previamente (após amniocentese ou por metrorragia, por
exemplo) a profilaxia deve ser repetida 12 semanas após a primeira administração, não sendo, no
entanto, necessário fazê-lo antes das 28...
tracking img