Guia do scrum

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6069 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
GUIA DO SCRUM
— Por Ken Schwaber, Maio de 2009 —

GUIA DO SCRUM
Por Ken Schwaber, Maio de 2009

Tradução Heitor Roriz Filho Michel Goldenberg Rafael Sabbagh Revisão Anderson Marcondes Ânderson Quadros Ari do Amaral Torres Filho Marcos Garrido Rafael Fuchs Rafael Prikladnicki Rodrigo de Toledo Rafael Sabbagh (coordenação)

2

INTRODUÇÃO AO SCRUM
Scrum vem sendo utilizado para odesenvolvimento de produtos complexos desde o início dos anos 90. Este guia descreve como usar o Scrum para desenvolver produtos. Scrum não é um processo ou uma técnica para o desenvolvimento de produtos. Ao invés disso, é um framework dentro do qual você pode empregar diversos processos e técnicas. O papel do Scrum é fazer transparecer a eficácia relativa das suas práticas de desenvolvimento para quevocê possa melhorá-las, enquanto provê um framework dentro do qual produtos complexos podem ser desenvolvidos.

TEORIA DO SCRUM
Scrum, que é fundamentado na teoria de controle de processos empíricos, emprega uma abordagem iterativa e incremental para otimizar a previsibilidade e controlar riscos. Três pilares sustentam qualquer implementação de controle de processos empíricos.

O PRIMEIROPILAR É A TRANSPARÊNCIA
A transparência garante que aspectos do processo que afetam o resultado devem ser visíveis para aqueles que gerenciam os resultados. Esses aspectos não apenas devem ser transparentes, mas também o que está sendo visto deve ser conhecido. Isto é, quando alguém que inspeciona um processo acredita que algo está pronto, isso deve ser equivalente à definição de pronto utilizada.O SEGUNDO PILAR É A INSPEÇÃO
Os diversos aspectos do processo devem ser inspecionados com uma frequência suficiente para que variações inaceitáveis no processo possam ser detectadas. A frequência da inspeção deve levar em consideração que qualquer

3

processo é modificado pelo próprio ato da inspeção. O problema acontece quando a frequência de inspeção necessária excede a tolerância doprocesso à inspeção. Os outros fatores são a habilidade e a aplicação das pessoas em inspecionar os resultados do trabalho.

O TERCEIRO PILAR É A ADAPTAÇÃO
Se o inspetor determinar, a partir da inspeção, que um ou mais aspectos do processo estão fora dos limites aceitáveis e que o produto resultante será inaceitável, ele deverá ajustar o processo ou o material sendo processado. Esse ajuste deveser feito o mais rápido possível para minimizar desvios posteriores. Existem três pontos para inspeção e adaptação em Scrum. A Reunião Diária é utilizada para inspecionar o progresso em direção à Meta da Sprint e para realizar adaptações que otimizem o valor do próximo dia de trabalho. Além disso, as reuniões de Revisão da Sprint e de Planejamento da Sprint são utilizadas para inspecionar oprogresso em direção à Meta da Versão para Entrega e para fazer as adaptações que otimizem o valor da próxima Sprint. Finalmente, a Retrospectiva da Sprint é utilizada para revisar a Sprint passada e definir que adaptações tornarão a próxima Sprint mais produtiva, recompensadora e gratificante.

CONTEÚDO DO SCRUM
O framework Scrum consiste em um conjunto formado por Times Scrum e seus papéisassociados, Eventos com Duração Fixa (Time-Boxes), Artefatos e Regras. Times Scrum são projetados para otimizar flexibilidade e produtividade. Para esse fim, eles são auto-organizáveis, interdisciplinares e trabalham em iterações. Cada Time Scrum possui três papéis: 1) o ScrumMaster, que é responsável por garantir que o processo seja entendido e seguido; 2) o Product Owner, que é responsável por maximizar ovalor do trabalho que o Time Scrum faz; e 3) o Time, que executa o trabalho propriamente dito. O Time consiste em

4

desenvolvedores com todas as habilidades necessárias para transformar os requisitos do Product Owner em um pedaço potencialmente entregável do produto ao final da Sprint. Scrum emprega os eventos com duração fixa (time-boxes) para criar regularidade. Entre os elementos do...
tracking img