Guerra fria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3574 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO- UFRJ
DEFESA E GESTÃO ESTRATÉGICA INTERNACIONAL
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA DEFESA
PROF: RAQUEL PAZ

MARCELLE DECOTHE

Resenha História da Guerra Fria

GADDIS,L,JOHN. História Da Guerra Fria. Ed. Novafronteira, 2010.

Criado em Cotulla,Texas, Gaddis frequentou a Universidade do Texas em Austin. Ele recebeu seu BA em 1963, sua M.A. em 1965, e seu Ph.D. em 1968, sob a direção de Robert Divino. Ele ensinou brevemente na Universidade de Indiana Southeast antes de se juntar a Universidade de Ohio, em 1969. Em Ohio, que ele fundou e dirigiu o Instituto de História Contemporânea e foi nomeado professorde um distinto em 1983.Nos anos letivos de 1975-1977, Gaddis foi professor visitante de Estratégia da Escola de Guerra Naval. No ano acadêmico 1992-1993, ele foi o Professor Harmsworth de História Americana na Universidade de Oxford. Ele ocupou cargos de visita no Naval War College, da Universidade de Princeton, e da Universidade de Helsinque. Ele serviu como presidente da Sociedade deHistoriadores de Relações Exteriores Americanas em 1992.Em 1997, ele mudou-se para a Universidade de Yale para se tornar o Professor.
História da Guerra Fria, de John Lewis Gaddis, conta um período da história mundial que parece recuar velozmente para o fundo da memória de quem o viveu, e que há muito sumiu do registro das novas gerações.

-------------------------------------------------Prólogo: A Vista para Frente

Começamos o Livro de Gaddis com a visão de Eric Blair, um inglês de quarenta três anos que alugou uma casa no fim do mundo, onde pretendia morrer. Ficava na ponte norte da ilha escocesa de Jura, Blair vivia na época que a Europa ia se dividindo em dois campos inimigos e o mundo parecia acompanhar. Com a probabilidade de emprego de bombas atômicas,qualquer nova guerra seria apocalíptica, uma época pós segunda guerra mundial e ele precisava acabar um livro.
O título do livro foi 1984 , uma inversão do ano em que o terminou, 1984 evocava uma época apenas três décadas e meia frente ,em que o totalitarismo triunfara em toda a parte. A individualidade estava sufocada , assim como lei , ética, criatividade, clareza linguística, honestidade sobrehistória e até amor.
A medida em que se aproximou o verdadeiro ano de 1984, foram inevitáveis as comparações com o ano imaginário de Blair, que usara o pseudônimo, George Orwell. O mundo ainda não era totalitário, mas ditadores dominavam grandes partes dele. O perigo de guerra entre Estados Unidos e União Soviética, duas superpotências e em vez de três que Orwell previra, era maior do que fora pormuitos anos. E o conflito que parecia permanente conhecido como “Guerra Fria” e que começara quando Orwell ainda estava vivo, não dava a mínima indicação de se chegar ao fim.

-------------------------------------------------
Capítulo Um: A volta do medo

Durante a evolução do primeiro capítulo podemos nos contextualizar sobre a época e o desenrolar dos acontecimentos,em abril de 1945 ocorreu o primeiro encontro entre dois exércitos que tinham cortado a Alemanha nazi em duas, convergindo de extremos opostos da terra.
As grandes perguntas que podem ser feitas são, Por que motivo, então os exércitos se aproximaram um do outro tão cuidadosamente em torgau, como se estivessem esperando encontrar visitantes interplanetários? Por que a semelhança que notaram lhespareceu tão surpreendente e reconfortante? A resposta a todas estas perguntas é praticamente a mesma: venceu uma guerra uma coalizão cujos membros mais importantes já estavam em guerra, ideológica e geopoliticamente , se não militarmente, entre si. Quaisquer que fossem os triunfos da Grande Aliança na primavera de 1945, seu êxito sempre dependera da busca de objetivos compatíveis por sistemas...
tracking img