Grupos operativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2615 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A técnica de grupo operativo consiste em um trabalho com grupos, cujo objetivo é promover um processo de aprendizagem para os sujeitos envolvidos. Aprender em grupo significa uma leitura crítica da realidade, uma atitude investigadora, uma abertura para as dúvidas e para as novas inquietações.

Segundo Pichon-Rivière, entende-se por grupo um conjunto de pessoas movidas por necessidadessemelhantes e se reúnem em torno de uma tarefa específica, um objetivo mútuo, onde cada participante é diferente e exercita sua fala, sua opinião, seu silêncio, defendendo seu ponto de vista. E neste grupo o indivíduo constrói sua identidade introjetando o outro dentro de si, ou seja, mesmo quando uma pessoa está longe posso chamá-la em pensamento ou mesmo todo conjunto. Assim o sujeito constrói suaidentidade na sua relação com o outro, estando povoado de outros grupos internos de forma que todos esses integrantes do nosso mundo interno estão presentes em nossas ações. (FREIRE, 2000)

Os grupos operativos se caracterizam pela relação que seus integrantes mantêm com a tarefa, que pode ser de cura ou aquisição de conhecimentos por exemplo. As finalidades e propósitos dos grupos operativos são asatividades centradas na solução de situações estereotipadas, dificuldades de aprendizagem e comunicação, devido à acumulação de ansiedade que desperta toda mudança. A ansiedade diante da mudança pode ser depressiva (abandono do vínculo anterior) ou paranóide (criada pelo novo vínculo e as inseguranças) (OSÒRIO, 2003).



A mudança, que é o objetivo primordial de todo grupo operativo, envolvetodo um processo gradativo, no qual os integrantes do grupo passam a assumir diferentes papéis e posições frente à tarefa grupal. O momento da pré-tarefa é caracterizado pelas resistências dos integrantes do grupo ao contato com os outros e consigo mesmo, na medida em que o novo, o grupo, gera ansiedade e medo, medo de perder o próprio referencial, de se deparar com algo que possa surpreender e porsua vez suspender suas velhas e cômodas certezas a cerca de si e do mundo. A partir do momento em que é possível elaborar as ansiedades básicas, romper com as estereotipias, abrir-se para o novo e o desconhecido, pode-se dizer que o grupo está na tarefa.

A tarefa é a trajetória que o grupo percorre para atingir seus objetivos, ela está relacionada ao modo como cada integrante interage a partirde suas próprias necessidades. Compartilhar essas necessidades em torno dos objetivos comuns do grupo pressupõe flexibilidade, descentramento e perspectiva de abertura para o novo. Quando o grupo aprende a problematizar as dificuldades que emergem no momento

da realização de seus objetivos, podemos dizer que ele entrou em tarefa, pois a elaboração de um projeto comum já é possível e este grupopode passar a operar um projeto de mudanças.

Para Abduch (1999), Cada integrante do grupo comparece com sua história pessoal consciente e inconsciente, isto é, com sua verticalidade. Na medida em que se constituem em grupo passam a compartilhar necessidades em função de objetivos comuns e criam uma nova história, a horizontalidade do grupo, que não é simplesmente a somatória de suasverticalidades pois há uma construção coletiva resultante da interação de aspectos de sua verticalidade, gerando uma história própria, inovadora que dá ao grupo sua especificidade e identidade grupal.



 

3.2 Como se forma a estrutura de um grupo
 
Segundo Pichon a estrutura de um grupo se compõe pela dinâmica dos 3D:

• Depositado
• Depositário
• Depositante
Depositado é algo que o grupo ouum indivíduo, não pode assumir em seu conjunto e o coloca em alguém, que aceita. Depositário é aquele em que é projetado, descarregada a debilidade familiar, ele assume o doente, o frágil, e assim os demais se sentem fortes e sadios, pois o problema está nele. Depositantes são todos aqueles que colocam para fora que depositam no depositário (FREIRE, 2000).
 

3.3 Os componentes do grupo
 ...
tracking img