Gimnosperma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1164 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA – UNICEUB
FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE – FACES
CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
DISCIPLINA: FANEROGÁMAS E LABORÁTORIO
PROFESSORA: ANDREA LIBANEO

GIMNOSPERMAS


Alunos: Izabella de Magalhães


Brasília (DF), maio/2012

Gimnospermas
O nome gimnosperma, que significa “semente nua”, aponta para uma das principaiscaracterísticas das plantas que pertencem aos quatro filos (Cycadophta, Ginkgophyta, Conipherophyta e Gnetophyta), ou seja, seus óvulos e sementes são expostos na superfície dos esporofilos e estruturas análogas.
Características Gerais
* Possui raiz, caule, folhas e sementes;
* São plantas heterosporadas (dois tipos de esporos) – micrósporos e megásporos
* Seus elementos reprodutivos estãoreunidos em estróbilos;
* São traqueófitas por apresentarem vasos condutores do tipo xilema e floema;
* Sua reprodução passa a ser sifonogamia, devido aao desenvolvimento de um tubo polínico;
* Pode existir plantas femininas e masculinas ao mesmo tempo (monóica) e as plantas de sexos separados (dióicos);
* Seu ciclo de vida é do tipo haplodiplobionte com alternância de geração(gametofítica e esporofítica), onde a fase predominate é a esporofítica;
* São plantas de regiões temperadas (EUA e Europa);
* No Sul do Brasil estão localizadas na mata das Araucárias (pinheiro-do-paraná);
* Pinheiro pinnus, Cycas, Tuias e Sequóias são as mais comuns.

Filo Coniferophyta
É o filo das gimnospermas mais numerosas, mais dispersas e ecologicamente a mais importante, comaproximadamente 50 gêneros e cerca de 550 espécies.
Suas folhas têm características para resistência à seca, que conferem vantagens ecológicas em alguns hábitats podendo estar relacionadas com a diversificação do filo.
As folhas das coníferas são semelhantes a agulhas e arranjadas espiraladamente e inseridas no caule. Após um tempo de crescimento, suas folhas são produzidas em feixes ou fascículos(acículos). Suas cores sempre verdes escuras ajudam para absorver energia solar das altas latitudes. As folhas reduzidas é consequência das adaptações a condições de secura e frio, pela qual a planta reduz a perda de água por evaporação através da superfície foliar.
As coniferophyta são geralmente monóicas, sendo que algumas podem ser dióicas. Seus órgãos masculino e feminino (micrósporângios emegasporângios) são encontrados em estruturas separadas chamadas estróbilos. Em algumas espécies, os estróbilos são lenhosos e, quando amadurecem, as escamas são abertas para que as sementes se libertem, podendo ser dispersadas pelo vento ou por animais.
Os escróbilos micrósporângios (produtores de pólen) são encontrados nos ramos inferiores das árvores, enquanto os megasporângios (ovulados)encontram-se nos ramos superiores.
Cada micrósporo converte-se em grão de pólen. Esses grãos de pólen produzem tubos polínicos, onde se dá a meiose para a fertilização do gametófito feminino. Desenvolvendo um embrião que, em conjunto com o seu tegumento, se transforma em semente. Os megasporângios, são cobertos por escamas. Essas escamas encaixam-se perfeitamente uma as outras e só se abrem depois dafecundação.
A semente das coníferas é uma estrutura notável, porque consiste numa combinação de duas gerações esporofíticas diplóides distintas (testa da semente e o embrião) e uma geração gametofítica haplóide. O gametófito serve como uma reserva de alimento ou tecido nutritivo. O embrião consiste num eixo radicular com uma coifa e meristema apical numa extremidade e um meristema apical emuitos cotilédones na outra. O tegumento consiste em três camadas, das quais a central torna-se dura e funciona como o envoltório da semente.

Filo Cycadophyta
São plantas semelhantes a palmeiras e encontradas principalmente em regiões tropicais e subtropicais. São 11 gêneros com cerca de 140 espécies.
A maioria são árvores bem altas. Muitas com tronco bem desenvolvido, que é coberto com as...
tracking img