Getsao da qualidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1268 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
7. Realização do produto
7.1 Planejamento da realização do produto

RDC nº 59 de 24 de Novembro de 2009:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 59/09.

Portaria 802 de 8 de outubro de 1998:
Não consta informação específica sobre este item na Portaria 802/98.

RDC nº 186 de 27 de Julho de 2004:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 186/04.

RDC nº320 de 22 de Novembro de 2002:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 320/02

7.2 Processos relacionados a clientes

RDC nº 59 de 24 de Novembro de 2009:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 59/09.

Portaria 802 de 8 de outubro de 1998:
Não consta informação específica sobre este item na Portaria 802/98

RDC nº 186 de 27 de Julho de 2004:
Nãoconsta informação específica sobre este item na RDC 186/04.

RDC nº 320 de 22 de Novembro de 2002:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 320/02.

7.2.1 Determinação de requisitos relacionados ao produto

RDC n° 59, de 24 de novembro de 2009
Art 3° As embalagens secundárias de todos os medicamentos devem conter mecanismos de identificação e segurança que possibilitem orastreamento do produto desde a fabricação até o momento da dispensação.

7.2.2 Análise crítica dos requisitos relacionados ao produto

Portaria 802 de 8 de outubro de 1998
Art. 20 Os produtos com prazo de validade vencidos devem ser identificados e segregados em área específica e devolvidos ao produtor, por meio de operação com nota fiscal, visando o objetivo de descarte.

RDC nº 59 de 24 deNovembro de 2009:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 59/09.

RDC nº 186 de 27 de Julho de 2004:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 186/04.

RDC nº 320 de 22 de Novembro de 2002:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 320/02

7.2.3 Comunicação com o cliente

Portaria 802 de 8 de outubro de 1998
Art. 21 §3° Em caso de recolhimentode um lote, todos os clientes – drogarias, farmácias, hospitais e entidades habilitadas a dispensar produtos farmacêuticos ao público – a quem o lote tenha sido distribuído, devem ser informados com a urgência necessária inclusive os clientes dos demais Estados-Partes do Mercosul.

RDC nº 59 de 24 de Novembro de 2009:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 59/09.

RDC nº186 de 27 de Julho de 2004:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 186/04.

RDC nº 320 de 22 de Novembro de 2002:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 320/02.

7.3 Projeto e desenvolvimento

RDC nº 59 de 24 de Novembro de 2009:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 59/09

Portaria 802 de 8 de outubro de 1998:
Não consta informaçãoespecífica sobre este item na Portaria 802/98.

RDC nº 186 de 27 de Julho de 2004:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 186/04.

RDC nº 320 de 22 de Novembro de 2002:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 320/02.

7.3.1 Planejamento de projeto e desenvolvimento

RDC nº 59 de 24 de Novembro de 2009:
Não consta informação específica sobre este item naRDC 59/09.

Portaria 802 de 8 de outubro de 1998:
Não consta informação específica sobre este item na Portaria 802/98.

RDC nº 186 de 27 de Julho de 2004:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 186/04.

RDC nº 320 de 22 de Novembro de 2002:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 320/02.

7.3.2 Entradas de projeto e desenvolvimento

Portaria 802 de8 de outubro de 1998
Art 10° Para seu funcionamento, o distribuir de produtos farmacêuticos deve obter prévia autorização de funcionamento junto à Secretaria de Vigilância Sanitária/MS.

RDC nº 59 de 24 de Novembro de 2009:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 59/09.

RDC nº 186 de 27 de Julho de 2004:
Não consta informação específica sobre este item na RDC 186/04....
tracking img