Gerencia de Risco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 69 (17207 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS
- FEAMIG -

ENGENHARIA DE
SEGURANÇA DO TRABALHO

Gerência de Riscos

MARCELO GIORDANO GÁRIOS

1

APRESENTAÇÃO

Esta apostila tem o objetivo de informar aos alunos do curso de pósgraduação em Engenharia de Segurança do Trabalho a evolução da
Gerência de Riscos, desde a Segurança Tradicional, passando pela
transição entre o tradicional e omoderno até à sua integração nos dias de
hoje, com os modelos de gestão que buscam a competitividade e a
sobrevivência das Empresas.
Fruto de uma extensa pesquisa bibliográfica e de muitos anos de experiência
prática, agradeço a efetiva participação dos colegas Engº Químico José
Antônio Mendonça de Araújo e Engº Civil Flavio Neves na elaboração
técnica desta e no desenvolvimento do curso.

2 ÍNDICE / ETAPAS:
1ª) Introdução à Gerência de Riscos (página 4)
• Conceitos
• Associação Risco Segurança Empresa
• Aspectos do Gerenciamento de Riscos
• Inspeção de Segurança
• Análise de Riscos e Padronização
• Investigação e Análise de Acidentes
• Programas de Gerência de Riscos
2ª) Noções Básicas de Seguro (página 32)
• Administração de Seguros
• Retenção de Riscos
• AutoAdoção e Auto Seguro
• Transferência de Riscos
• Franquias
3ª) Fundamentos Matemáticos (página 39)
• Confiabilidade
• Probabilidade
• Simbologia Lógica
• Álgebra Booleana
4ª) Custos de Acidentes (página 57)
• Conceitos
• Elementos de Custos de Acidentes
• Relação Custo/Benefício.
5ª) Controle de Danos e Perdas (página 66)
• Evolução do Prevencionismo
• Conceitos e fatores de perda
•Controle de Danos - Conceito de Bird
• Controle total de perdas - Conceito de John Fletcher
• Prevenção e Controle de Perdas
• Análise e avaliação de perdas
6ª) Engenharia de Segurança de Sistemas (página 85)
• Conceitos
• Segurança de Sistemas
• Sistemas e subsistemas
• A Empresa como Sistema
• Técnica de Incidentes Críticos
• Análise Preliminar de Riscos
• Análise de Modos de Falha e Efeito• Análise de Árvore de Falhas
7ª) Segurança X Gerência de Riscos X Melhoria da Qualidade
• Conceitos
• Ferramentas da qualidade aplicadas à Gerência de Riscos.
3

1ª ETAPA
INTRODUÇÃO

4

1. INTRODUÇÃO
A maioria dos acidentes é devida à falta ou deficiência de algo fundamental na execução
das tarefas diárias. A segurança dos empregados nas áreas de risco é função direta do
métodode trabalho que infelizmente, não tem recebido o carinho, atenção e respeito que
merece! Havendo problema quanto ao método, a segurança sempre falha!... E quando a
segurança falha, os resultados são catastróficos:
- São as mortes;
- São as mutilações físicas e/ou mentais;
- São as perdas materiais;
- São as interrupções brutais do trabalho com toda sorte de prejuízo!
Revisaremos algunsconceitos básicos sobre acidente e segurança. Os conceitos sobre
acidente serão estudados isoladamente apesar de que, na prática eles (os acidentes)
ocorrem sempre em cadeia.
Eles serão classificados em: caráter pessoal, material e administrativo. Gerenciar riscos
depende fundamentalmente do claro entendimento desses conceitos.
2. ACIDENTE - REVISÃO DE CONCEITOS
2.1 Acidente
Ocorrência nãoprogramada que pode produzir danos. É um acontecimento que não
prevemos ou, se prevemos, não sabemos precisar quando vai acontecer.
• Acidente Pessoal:

Ocorrência com pessoas.
Ex: Queda de pessoa

• Acidente Material:

Ocorrência com material
Ex: Queda de aparelho de medição

• Acidente Administrativo:

Ocorrência com a empresa
Ex: Falência, não programada.

Notas:
2.1.1 Acidente doTrabalho
Qualquer evento não programado que interfere negativamente na atividade produtiva e
que tem a cobertura da seguradora.
2.1.2 Incidente crítico
• É uma situação ou condição que se apresenta, mas não manifesta dano.
• É também chamado de quase-acidente.
2.2 Dano
Conseqüência negativa do acidente. É o produto ou resultado negativo do acidente
(prejuízo)
• Dano Pessoal:...
tracking img