Gerdau

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 43 (10657 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Grupo Gerdau:
os desafios do novo século

Case preparado pelo professor Francisco Gracioso Dezembro/2000

Destinado exclusivamente ao estudo e discussão em classe, sendo proibida a sua utilização ou reprodução em qualquer outra forma. Direitos reservados ESPM/EXAME.

www.espm.br centraldecases@espm.br (11) 5085-4625

*Resumo

Este case descreve as origens do Grupo Gerdau – uma dasmaiores siderúrgicas do Brasil – discutindo os problemas e desafios a serem enfrentados por esta organização no século XXI. Aspectos referentes ao estilo de gestão do atual presidente do Grupo Gerdau também serão apresentados, para analisar as mudanças ocorridas na empresa.
PALAVRAS-CHAVE: indústria siderúrgica, modelos de gestão, Grupo Gerdau

*Abstract

This case describes the origins of GrupoGerdau – one of the largest metalurgy of iron and steel in Brazil – discussing the probable matters and challenges to be faced by such organization in the 21st century. Aspects concerning the management style of the current chairman of Grupo Gerdau are also highlighted, in order to analyze the changes in this company.
KEYWORDS: metalurgy of iron and steel; management models; Grupo Gerdau

*Ana Lúcia Moura Novais

www.espm.br/publicações 

Estrutura do Case

• • • • • • • • • • •

Introdução Perfil de um líder A trajetória do grupo Gerdau A indústria siderúrgica no Brasil e no mundo Produção e vendas por empresas As grandes decisões que Jorge Gerdau deverá tomar Tendências da indústria siderúrgica - posição competitiva da Gerdau Posição da Gerdau Desafios da Gerdau no iníciodo novo século Conclusão Anexos

www.espm.br/publicações 

“OLHEM OS MELHORES EXEMPLOS E OS COPIE” Jorge Gerdau As multinacionais modernas baseiam-se em três premissas básicas: a posse de marcas globais, tecnologia de ponta e efeito sinérgico entre as suas operações ao redor do mundo. Mas um gigante empreendedor gaúcho, Jorge Gerdau – o Mr. Gerdau – desprezou as teorias e construiu umamultinacional que não atende a esses pré-requisitos, e os compensa com obstinação e trabalho. Mas a hora da verdade está chegando. No limiar de um novo século, o Grupo Gerdau deverá tomar decisões vitais para o seu futuro.

substituído o bisavô. Lembra a história dos Buddenbrooks, de Thomas Mann. Mas, ao contrário da velha família de Hamburgo, os Gerdau souberam manterse sintonizados com o seu tempo.Na entrevista a Nelly Caixeta, Jorge Gerdau diz que as personalidades que mais admira são Jack Welch (o titã que reconstruiu a General Eletric) e Margaret Thatcher, a “Dama de Ferro” que introduziu o neoliberalismo na Inglaterra. Se é verdade que nos identificamos com quem admiramos, eis aí o perfil psicológico de Jorge Gerdau: um sonhador voluntarioso e obstinado que traça um caminho e o segue,custe o que custar. Interage por consenso, mais do que pela coação. Mas não crê em democracia na empresa e

INTRODUÇÃO Nos últimos anos, o mundo dos negócios ouviu cada vez mais referências a um grupo industrial que crescia no sul do país, adquirindo usinas siderúrgicas aqui e no exterior, até se transformar em uma das primeiras multinacionais brasileiras. Falamos do Grupo Gerdau, um complexo deusinas siderúrgicas que produzem 7.000.000 de toneladas de aço por ano e cujo faturamento chegou a R$7 bilhões em 2000, sendo 50% provenientes do exterior. O homem por trás dessa história de sucesso empresarial é Jorge Gerdau Johannpeter que assumiu a presidência da Gerdau (então uma pequena aciaria regional) em 1976. Tudo que ocorreu desde então foi fruto de seus sonhos, obstinação e capacidadede realização. Neste caso, que utilizou em sua preparação a longa entrevista de Jorge Gerdau concedeu a Nelly Caixeta (Revista Exame de 4/outubro/2000) e outras fontes de informações, reproduzimos a trajetória percorrida pela Gerdau ao longo destas três décadas, procurando identificar e discutir as decisões e estratégias que asseguraram o seu crescimento. Por fim, colocamos esta questão: E...
tracking img