Geotecnia aplicada as vias de transporte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8009 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GEOTECNIA APLICADA A OBRAS RODOVIÁRIAS



















ESTABILIZAÇÃO DE SOLOS


















Eng Cláudio José de Madureira



Departamento de Transportes – março de 2006

Estabilização De Solos


A estabilização de solos, num sentido mais amplo, consiste na alteração de qualquer propriedade do solo com o objetivo de melhorar seucomportamento como material de construção. O presente trabalho discute algumas das técnicas empregadas com este objetivo, incluindo a manipulação mecânica, a remoção da umidade e a adição de vários tipos de materiais.

Como a maioria das obras de engenharia, edifícios, barragens, rodovias, aeroportos, etc são assentadas sobre solos ou utilizam este material em sua construção, seria ideal se ossolos disponíveis no local de construção tivessem as características tecnológicas apropriadas para as várias seções dos aterros que constituirão a obra. Isto, no entanto, quase nunca ocorre, e os engenheiros têm que lançar mão de técnicas adequadas para poder utilizar estes materiais em suas obras.

Na presença de solos com características não apropriadas costuma-se optar por uma das seguintesalternativas:

a - Evitar o material de má qualidade - E o caso da utilização de estacas para suportar as cargas de um edifício, de uma ponte ou de um aterro. Neste caso as cargas são transferidas para um estrato firme situado mais abaixo e o solo de má qualidade não interfere com a obra. Outra possibilidade é desviar a diretriz da estrada ou escolher um local mais apropriado para a edificação,se possível;

b – Remover o material – De um modo geral se a espessura do estrato de má qualidade for pequena – até 2 ou 3 m – costuma-se remover completamente o material de má qualidade e substituí-lo por material de boa qualidade. Dois equipamentos podem fazer este trabalho com grande rendimento: a - as retro-escavadeiras (fig. 1) empregadas quando o solo a ser removido apresenta suportesuficiente para o deslocamento do equipamento e dos caminhões apenas com o auxilio de pequenos forros de aterro, e b – as dragas (drag-lines) (fig.2) empregados quando o material não apresenta nenhuma condição de suporte para o tráfego do equipamento de transporte. Neste caso costuma-se fazer um acesso para os caminhões afastado da área de escavação e o equipamento pode ser deslocado sobre estivasfeitas de troncos ou por geotéxteis.

c – Redimensionar a estrutura – Por exemplo, um edifício imaginado como assente sobre sapatas corridas pode ser redimensionando considerando a fundação como “flutuante”, construindo-se um radier;

d – Tratar o material para melhorar suas características geotécnicas – esta técnica é o objeto do presente trabalho conforme será visto nos próximos itens.[pic]


Fig 1 – Retro-escavadeira utilizada para remoção de material em fundações de rodovias




[pic]




Fig 2 – Drag-line utilizado para a remoção de solos moles.




As técnicas de estabilização têm por objetivo:
- aumentar ou diminuir a resistência ou reduzir a sensibilidade da resistência do solo ‘as variações do teor de umidade;
- aumentar oudiminuir a permeabilidade;
- reduzir a compressibilidade;
- reduzir a susceptibilidade ao congelamento

Embora já se tenha utilizado técnicas de estabilização com quase todos os objetivos, seu emprego mais comum é a utilização de materiais aditivos com o objetivo de aumentar a resistência do solo quando empregado na pavimentação de rodovias e aeroportos.

Não existe uma classificaçãointernacionalmente aceita relativa aos métodos de estabilização e por este motivo costuma-se basear a classificação com base no tratamento dado ao solo – compactação, drenagem – ao processo empregado – térmico, elétrico – ou ao aditivo empregado – cimento, betume.

1 – Estabilização mecânica.

A estabilização mecânica consiste em um dos seguintes métodos de alteração das propriedades do solo:...
tracking img