Geografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1641 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1
RESENHA CRITICA INFORMATIVA

Autor: HENRIQUE MAMEDE ABRAO

CORREA R.L, Região e organização espacial 7. ed. Sao Paulo : Atica, 2002.


Nesta obra o autor aborda pelo menos dois conceitos fundamentais na Geografia
que seriam o de região e de organização espacial, o primeiro conceito como sendo a
principal via de acesso para entendermos a noção fundamental dediferenciação de área,
ou seja, de que assim visualizamos a superfície terrestre constituída por áreas diferentes
entre sí, ainda dentro do conceito região o mesmo poderá ser dividido em outros sub
conceitos compostos por região natural e região geográfica. Em relação ao segundo
conceito entendemos a sua importância como sendo um pressuposto amaterialidade
social e da própria geografia chegando a ser o estudo do seu objeto que é também a
sociedade e toda a reprodução desenvolvida por essa. O autor ainda salienta a respeito
das principais correntes do pensamento geográfico, centralizando sua analise na
geografia critica, sem deixar de abordar os paradigmas da geografia como determinismo
ambiental, opossibilismo, o método regional e a nova geografia.

Através desses paradigmas o autor estabelece que não existe uma
preponderância e sim uma existência de trocas entre, devendo haver uma alternância em
relação aos métodos de apreensão da realidade desenvolvidos em cada paradigma,
segundo “destaca-se o positivismo, quer na sua versão clássica, quer na do positivismo
lógico. Omaterialismo histórico e a dialética marxista, que são base ao segmento mais
importante da geografia critica, são métodos de incorporação recente à geografia...

(Pág. 08)

Ainda em relação a nova geografia e geografia critica, enfatiza; “Entre os
avanços realizados pela geografia critica estão aqueles associados à questão da
organização espacial,herdada basicamente da nova geografia...”
(Pág. 21)


No capitulo descrito como “Região: um conceito complexo” O autor discute os
variados conceitos de região originados a partir dos paradigmas geográficos, e ainda
“Queremos dizer que há diferentes conceituações de região. Cada qual tem um
background image

2
significado próprio e se insere dentro de uma dascorrentes de pensamento
geográfico...”
(Pág. 22)

O autor comenta sobre a validade dos conceitos de região “Em segundo lugar,
queremos deixar claro que todos os conceitos de região podem ser utilizados pelo
geógrafos, Afinal todos eles são meios para se conhecer a realidade, quer num aspecto
espacial especifico, quer numa dimensão totalizante: no entanto, énecessário que
explicitemos o que estamos querendo e tenhamos um quadro territorial adequado aos
nossos propósitos...”
(Pág. 23)

Seguindo essa linha de analise voltamos a repensar e aflorar uma velha discusão
que é a do problema da escala e da responsabilidade do geógrafo em adotar a escala
correta para cada analise desenvolvida a cerca de um determinadoassunto.

O autor saliente ainda que o conceito de região deve ser repensada dentro da geografia
critica a partir do propósito em que aja uma sociedade organizada em determinado
espaço tendo a capacidade de opor a resistência a superioridade da sociedade e do
espaço interposto pelo capital monopolístico. “ O que segue é uma tentativa de inserir o
conceito deregião dentro de um quadro teórico amplo, que permita dar conta da
diversidade da superfície da Terra sob ação humana ao longo do tempo. Este quadro
consiste na lei do desenvolvimento desigual e combinado proposto por Trotsky...”
(Pág.
42)

Ainda dentro do conceito região e já deixando um gancho para outro conceito
bastante importante e oriundo do...
tracking img