Geografia- darcy ribeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2728 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Durante muito tempo, a classificação mais comum do relevo brasileiro foi a proposta pelo geógrafo Aroldo de Azevedo. Entretanto, em 1995, as tradicionais discussões e descrições sobre o relevo do Brasil que predominavam nas salas de aulas e nos materiais didáticos foram abaladas pela súbita notoriedade que uma nova proposição de classificação das formas de relevo adquiriu, inclusive nos meios decomunicação, tendo sido noticiado até mesmo que o mapa do Brasil mudara. Tratava-se de uma proposta do professor Jurandyr L. Sanches Ross, da Universidade de São Paulo, que rapidamente adquiriu formas oficiais, sendo espraiada para todas as publicações, concursos, e vestibulares. Com essa penetração, o entendimento da proposta tornou-se obrigatório, mas também gerou diversas distorções. Por isso oassunto merece reflexão.
Essa classificação foi feita a partir de descobertas que revelaram, por exemplo, que a planície Amazônica não possui as proporções imaginadas anteriormente. Além disso, teríamos mais planaltos do que se sabia, e identificaram-se depressões que desconhecíamos.
Para se produzir uma classificação, é preciso dominar um conjunto de informações sobre o fenomeno que será alvodela. Quanto mais atualizadas e pormenorizadas as informações, melhor. Para fazer uma classificação é preciso ainda uma definição muito clara e precisa dos critérios, métodos e formas teóricas de encarar o objeto que se vai estudar. A proposta do professor Jurandyr resulta mais um modo de ver a dinâmica do relevo do que propriamente do acesso a novas informações, que sozinhas não seriam decisivaspara esse fim.
Independentemente dos mistérios técnicos dessa nova classificação, ela é louvável por ter produzido uma discussão sobre os critérios e as formas de pensamento, mostrando que a realidade, mesmo a natural, pode ser interpretada de várias maneiras. Vejamos , a seguir, por um método comparativo, a lógica tanto da classificação tradicional quanto da inovada.
Considerando os grandescompartimentos geológicos, da litosfera – escudo cristalino, bacia sedimentar e dobramentos modernos -, as classificações genéricas da estrutura geológica do Brasil, apontavam uma combinação de bacias sedimentares (64% do território) e escudos cristalinos (46%), e a inexistência de dobramentos modernos, encontráveis, na América do Sul somente em sua parte oeste (os Andes). A nova proposta parte, damesma base, apresentado apenas um dado diferente: os escudos cristalinos são divididos em duas partes, em razão das diferentes origens dessas rochas. A primeira delas são as plataformas, terrenos formados na chamada era Pré - Cambriana (abrangendo as eras Azóica, Aqueozóica e Proteozóica), portanto, entre 900 milhões e 4,5 bilhões de anos atrás. Trata-se de terras baixas e aplainadas, ondepredominam rochas cristalinas. A Segunda são os cinturões orogênicos, áreas que sofreram dobramentos antigos e ainda guardam traços serranos, como testemunho da movimentação ocorrida. No Brasil essas áreas datam também do período Pré-Cambriano, com predominio de rochas cristalinas.

Formações geomorfológicas conhecidas como "cuestas",
na Serra de Botucatu (SP). Situadas em área de depressãomuito
erodida, elas resistiram porque são constituídas por materiais
geológicos mais rígidos.
As cadeias orogenéticas que existiam no Brasil não se enquadram na compartimentação de dobramentos modernos, sendo mesmo muito diferentes destes. Como já dissemos, não há sentido para em destacar, para uma classificação genérica em escala planetária, todos os dobramentos antigos, já que elesperderam quase todas as suas características originais, a começar pela composição rochosa, agora metamorfizada. Mas, no caso do Brasil, o professor Jurandyr viu sentindo em dar esse destaque para melhor explicitar sua longa tipologia de planaltos e assim explicar as formas do nosso relevo.
Quanto às formas de relevo propriamente ditas, confrontando a classificação do professor Jurandyr com a...
tracking img