Gases

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (280 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As emissões de CO2 nos EUA estão em seu nível mais baixo em 20 anos. E não é por causa da energia eólica ou solar…
Condições meteorológicas em todo o mundo nesteverão no hemisfério Norte proporcionaram combustível suficiente para o debate sobre o aquecimento global. Secas e ondas de calor são um prenúncio do nosso futuro?Reduções das emissões de CO2 seriam necessárias agora, mais do que nunca, já que políticas significativas ainda não foram promulgadas?
Mais além deste campo de batalhabem trilhado, algo incrível aconteceu: as emissões de CO2 nos EUA caíram para o seu nível mais baixo em 20 anos. Estimativas com base em dados da Agência deInformação de Energia (EIA) dos EUA dos primeiros cinco meses de 2012 indicam que se espera uma diminuição das emissões de CO2 em mais de 800 milhões de toneladas, ou 14%desde o seu pico em 2007.
A causa é uma mudança sem precedentes para o gás natural, que emite 45% menos CO2 por unidade de energia. Os EUA usavam o carvão para gerarcerca de metade da sua eletricidade, e cerca de 20% com o gás. Nos últimos cinco anos, esses números mudaram primeiro devagar e agora drasticamente: em abril desteano, a participação do carvão na geração de energia elétrica despencou para apenas 32%, igualando-se ao gás natural que vem aumentando.
A mudança rápida dos EUA parao gás natural é o resultado de três décadas de inovação tecnológica, em particular o desenvolvimento do fraturamento hidráulico, ou “fracking”, que permitiu aexploração de grandes recursos de gás de xisto antes inacessíveis. Apesar de algumas preocupações legítimas com relação à segurança, é difícil encobrir o avassalador
tracking img