Gases nobres

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2966 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
E.E Homero Fernando Milano
Química

Jorge Percio Dos Sanos Lima

Gases Nobres

Itaquaquecetuba 2012
Tatiane Almeida

Gases nobres
|
Trabalho apresentado como requisito parcial paraObtenção de aprovação na disciplina Química, do3° termo A Da E.E. Homero Fernando MilanoItaquaquecetuba 2012 * RESUMOUm gás nobre (também conhecido por gás raro) é um membro da família dos gases nobresda tabela periódica. O termo “gás nobre” vem do fato que, do ponto de vista humano, nobre é aquele que geralmente evita as pessoas comuns. Do mesmo modo, a característica destes gases é de não combinarem com os demais elementos e têm uma baixa reatividade.  De um modo geral, os gases nobres tem uma relativa dificuldade de combinação com outros átomos porque são pouco reativos. |

* SUMÁRIO* Tabela periódica5
* Hélio 7
* Introdução
* História
* Características principais
* Aplicações
* Neônio 11
* Introdução
* Historia
* Características principais
* Aplicações
* Argônio13
* Introdução
* Historia
* Características principais
* Aplicações
* Criptônio16
* Introdução
* Historia
* Característicasprincipais
* Aplicações
* Xenônio18
* Introdução
* Historia
* Características principais
* Aplicação
* Referencia19
* Data de acesso 20

* Tabela periódica

* Introdução
O hélio  é um elemento químico de símbolo He e que possui massa igual a quatro U, apresentando numero atômico 2 ( 2 próton e 2 elétron ). À temperatura ambiente, o hélio encontra-seno estado gasoso. Apesar da sua configuração eletrônica  ser 1s2, o hélio não figura na tabela periódica  junto com o hidrogênio no bloco s, está colocado no grupo 18 ( VIIIA ou 0 ) do bloco p, já que apresenta nível de energia completo, apresentando as propriedades de um gás nobre ou seja, é inerte (não reage) como os demais elementos.
É um gás monoatômico, incolor  e inodoro. O hélio tem omenor ponto de evaporação de todos os elementos químicos, e só pode ser solidificado sob pressões muito grandes. É o segundo elemento químico em abundância no universo, atrás do hidrogênio, mas na atmosfera  terrestre encontram-se apenas traços, provenientes da desintegrações de alguns elementos. Em alguns depósitos naturais de gás é encontrado em quantidade suficiente para a sua exploração; usadopara o enchimento de balões e dirigíveis , como líquido refrigerante de materiais supercondutores criogênicos e como gás engarrafado utilizado em mergulhos de grande profundidade.
* Hélio –He

* Historia
 O hélio foi descoberto de forma independente pelo francês Pierre Janssen e pelo inglês Norman Lockyer em 1868, ao analisarem o espectro da luz solar durante um eclipse solar ocorridonaquele ano, encontrando uma linha de emissão de um elemento desconhecido. Edward Frankland confirmou os resultados de Janssen e propôs o nome helium para o novo elemento, em honra ao deus grego do sol (helios) com o sufixo -ium, já que se esperava que o novo elemento fosse metálico.
Em 1895 Sir William Ramsay isolou o hélio, descobrindo que não era metálico, entretanto o nome original foiconservado. Os químicos suecos Abraham Langlet e Per TeodorCleve conseguiram também, na mesma época, isolar o elemento.
Em 1907 Ernest Rutherford e Thomas Royds demonstraram que as partículas alfa são núcleos de hélio.
Em 1908 o físico holandês HeikeKamerlinghOnnes produziu hélio líquido esfriando o gás até 0,9 K, o que lhe rendeu o prêmio Nobel. Em 1926 seu discípulo Willem Hendrik Keesom conseguiupela primeira vez solidificar o hélio.
* Características principais
Nas Condições Normais de Temperatura e Pressão o hélio é um gás monoatômico, tornando-se líquido somente em condições extremas (de alta pressão e baixa temperatura).
Tem o ponto de solidificação mais baixo de todos os elementos químicos, sendo o único líquido que não pode solidificar-se baixando a temperatura, já que...
tracking img