Futuro da previdencia social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (917 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Perspectivas futuras da Previdência

Em 24 de janeiro de 1923, Eloy Chaves, em sua fazenda em Jundiaí, criou a Caixa de Aposentadoria e Pensões para beneficiar os empregados das empresas deestradas de ferro e seus familiares. Nascia então o Decreto nº 16.037.
É importante notar que quando foi criada a previdência, o limite de idade de 50 anos era superior a expectativa de vida do brasileiro eexistiam 7 trabalhadores para 1 aposentado.
Com o passar do tempo, o envelhecimento da população, a economia informal e aumento do desemprego começaram a ameaçar o sistema brasileiro de previdênciasocial.
Nos próximos 50 anos, o envelhecimento da população se dá de forma mais rápida nos países em desenvolvimento. Isto ocorre em decorrência do extraordinário avanço da medicina preventiva ecorretiva e também por algumas melhorias nos serviços públicos de saúde e de saneamento. Hoje a expectativa de vida do homem é de 68.8 anos e a mulher de 76.4 anos.
Já existem no Brasil mais de 10milhões de pessoas com idade superior a 60 anos, conforme dados do IBGE. Neste caso, a população de idosos tende a crescer pelos novos ingressos nessa faixa etária e também pelo maior período de vida apósalcançá-la. Por outro lado, também conforme dados do IBGE, mais de 2 milhões de casais preferem não ter filhos.
Cabe um alerta aos atuais e futuros dirigentes do Brasil, pois a população estáenvelhecendo num ritmo acelerado, de modo que já se estima uma pessoa não idosa para cada idoso, a ocorrer daqui a 30 anos, período relativamente curto, isto baseado no que vem acontecendo.
Diante doexposto, é necessária a definição de uma periodicidade para alteração no Código do Idoso. Uma pessoa com 60 anos de idade com saúde, mesmo na situação atual, está habilitada para o trabalho, com a vantagemde ser portadora de um formidável nível de conhecimentos e experiências. No Brasil não existe a cultura da antecipação dos fatos e da prevenção. As reformas são lentas e feitas após a ocorrência das...
tracking img