Framework hibernate

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2134 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE META – FAMETA
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
PROGRAÇÃO ORIENTADO A OBJETO II





















HIBERNATE





















Rio Branco – Acre 2012

RODRIGUES DE SOUZA














HIBERNATE






Resenha para disciplina de programação orientada a objeto II, com o discente Ricardo, do curso de Sistemas de Informação, daFaculdade Meta.

















Rio Branco – Acre 2012







Framework Hibernate




O Hibernate é um framework incrível, que facilita o desenvolvimento de aplicações que acessam bancos de dados. É mais apropriada para modelos orientados a objetos e lógica de negócios implementados em uma camada de uma aplicação baseado em Java. fazendo com que o programador sepreocupe mais com o seu modelo de objeto e seus comportamentos, do que com as tabelas do banco de dado.
“O Hibernate também evita o trabalho de escrever dúzias de código repetido para fazer as mesmas coisas, como “inserts” “selects”, “updates” e” deletes” no banco de dados, além de ter duas opções para se montar buscas complexas em grafos de objetos e ainda uma saída para o caso de nada funcionar,usar SQL. Sua implementação é relativamente simples Alta performance de definição de mapeamento Objeto/Relacional (XML e Xdoclet) Permite a persistência dos objetos Java, incluindo polimorfismo, herança, composição, associação, etc. Com grande facilidade Possui uma linguagem de conexão (Hibernate Query Language) entre os mundos dos Objetos e Banco de dados relacionais simples Suporta apenas bancode dados relacionais é um software livre.
Além de mecanismo de mapeamento objeto/relacional, o Hibernate também pode trabalhar com um sistema de cache das informações do banco de dados, aumentando ainda mais o desempenho das aplicações.
O esquema de cache do Hibernate é complexo e totalmente extensível, existindo diversas implementações possíveis, cada uma com suas próprias características.As bibliotecas de Mapeamento Objeto/Relacional fazem o mapeamento de tabelas para classes. Se o banco de dados possui uma tabela chamada Pedido, a aplicação possuirá, provavelmente, uma classe denominada Pedida. Essa classe definirá atributos, que serão usados para receber e alterar os dados dos campos das tabelas, além de métodos para calcular os juros, valor total do pedido e etc.
Alémdisso, as classes que fazem essa interface com as tabelas do banco de dados proveem um conjunto de métodos de alto-nível que servem para realizar operações básicas nas tabelas, como recuperar um registro através de um id, dentre outros.
E junto com isso, ele também tem um gerenciador de versões próprio. Entretanto, como já foi dito no início do trabalho, ele não é a solução perfeita para todos osproblemas, aplicações que fazem uso intenso de stored procedures, triggers, user defined functions e outras extensões específicas dos bancos de dados, normalmente não vão se beneficiar do mecanismo oferecido pelo Hibernate. Além disso, aplicações que tem uma alta freqüência de “movimentos em massa”, como seqüências de “inserts”, “updates” e “deletes” terminaria por perder performance, graças ainstanciação e carregamento de diversos objetos na memória.
É um Framework para mapeamento objeto-relacional traduz um conjunto de tabelas e dados em representação relacional para um conjunto de classes e objetos Um grande amigo na hora de escrever código de persistência em
Java ou Net.
Abstrai o banco de dados utilizado suporte para praticamente todos os bancos de dados comerciais e gera código SQLa partir dos mapeamentos criados
Este Framework é open-source criado por Gavin King, que permite uso em projetos de software livre e comerciais com poucas restrições.
É o framework de persistência atualmente em uso nos projetos Java da CJr (desde 2004). O Hibernate possibilita o uso de relacionamentos unidirecionais ou bidirecionais, com cardinalidade 1-1, 1-m e m-n. Há várias formas de se...
tracking img