Formas de gorverno segundo maquiavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (451 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MAQUIAVEL E SUA TEORIA DE ESTADO MODERNO

Maérlio Machado de Oliveira
Aluno do curso de Direito da Faculdade Integrada da Grande Fortaleza
www.alumac.com.br/maerlio.htm


Vivenciamos hoje aantevisão de Maquiavel quando, ao refletir a realidade de sua época, elaborou a teoria de como se formam os Estados, dando início ali, ao que foi chamado de ciência política, onde, através da técnicaaplicada, esta passou a ser entendida como uma disciplina autônoma, separada, portanto, da moral e da religião.
Para Maquiavel, o Estado perde a função de assegurar a felicidade e a virtudearistotélica, deixando ainda, como para os pensadores da Idade Média, de ser preparativo dos homens ao Reino de Deus.
Sendo assim, o Estado passa a ter características próprias, seguindo, portanto, suastécnicas e suas próprias leis.
Daí, a advertência de Maquiavel logo no início do livro “O príncipe” quando escreve: “como minha felicidade é a de escrever coisa útil para quem a entender, julguei maisconveniente acompanhar a realidade efetiva do que a imaginação sobre esta”. Observamos o viés quando ele escreve mais adiante: “Muitos imaginam repúblicas e principados que nunca foram vistos nemconhecidos realmente” que, não existirão estados ideais tal como a República de Platão.
Significa dizer que devemos estudar as coisas como elas são e o que se pode e é necessário fazer, ao contráriodaquilo que seria certo fazer, pois, adverte Maquiavel mais uma vez que quem quiser ser bom entre os maus fica arruinado. É, então, necessário levar em consideração a natureza do homem e atuar na realidadeefetiva.
Apropria-se Maquiavel, dessa forma, da frase de Aristóteles: “A política é a arte do possível”, quando aí a realidade pode ser efetivada levando em conta como as coisas estão e não comodeveriam estar.
Percebe-se ao que foi dito alhures, a clara distinção entre política e moral, sendo esta, a que se ocupa do que “deveria ser”.
Maquiavel deixa claro que a natureza dos homens é...
tracking img