Fordismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1424 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sua visão inovadora
Inicialmente, para perceber como Ford foi um
homem realmente inovador para sua época, deve-se
citar que ele adotou três princípios básicos, a saber
(Chiavenato, 1993, p. 80):
- Princípio de intensificação: consiste em diminuir o tempo de duração com o emprego imediato
dos equipamentos e da matéria-prima e a rápida colocação do produto no mercado.
- Princípio daeconomicidade: consiste em
reduzir ao mínimo o volume do estoque da matériaprima em transformação. Por meio desse princípio, conseguiu fazer com que o trator ou o automóvel fossem
pagos à sua empresa antes de vencido o prazo de pagamento da matéria-prima adquirida, bem como do
pagamento de salários. A velocidade de produção deve
ser rápida. “O minério sai da mina no Sábado e é entregue sob a formade um carro, ao consumidor, na
Terça-feira, à tarde” (Ford, 1922, p. 77).
- Princípio de produtividade: consiste em aumentar a capacidade de produção do homem no mesmo período (produtividade) por meio da especializa-
ção e da linha de montagem. Assim, o operário pode
ganhar mais, um mesmo período de tempo, e o empresário ter maior produção.
Vê-se, portanto, que Ford foi inovador em diversosplanos. Foi ele o introdutor da produção em
série, em massa, por meio da padronização do maquinário e equipamento, da mão-de-obra e das matériasprimas e, conseqüentemente, dos produtos. Foi também um dos primeiros homens de empresa a utilizar
incentivos não salariais para seus empregados. Na área
mercadológica implantou a assistência técnica, o sistema de concessionários e uma inteligentepolítica de
preços.
Como bem disse Caproni (2002, p. 17) “não
foi Henry Ford que inventou o carro. Mas foi ele quem
inventou a forma de produzir carros em massa, tornando-o um bem acessível à maioria das pessoas no
início do século XX”. E não é só isso. Henry Ford
inovou e isso transformou o pensamento industrial, o
qual vem evoluindo até hoje.
A organização do serviço de montagem, naquelaépoca, é descrita da seguinte forma por Keith SwardPubl. “Na fábrica e em
todas as demais oficinas de Detroit, o processo de montagem de um automóvel dependia ainda do mecânico
versátil, que era obrigado a saber de tudo para executar seu trabalho. Os montadores da Ford eram ainda
homens competentes. Seu trabalho era muito estacionário, contudo eles tinham que passar para o serviço
seguinte a pé,tão logo o carro em construção no seu
local próprio assumia a dimensão total – do chassi puro
ao produto acabado. É certo que o tempo trouxe alguns refinamentos. Em 1908 já não era mais necessá-
rio ao montador deixar seu lugar de trabalho para dar
um giro pela ferramentaria ou seção de peças. Um
almoxarife já havia sido designado para essa função.
Nem o próprio mecânico da Ford era o mesmo em1908 que fora em 1903. No curso desses anos, o serviço de montagem final havia sido parcelado aos poucos. Em lugar do ‘pau para toda obra’ que antigamente ‘fazia de tudo’, havia agora diversos montadores
que trabalhavam lado a lado num carro, cada um responsável por operações um tanto limitadas.”
Para Ford (1922, p. 78) o resultado da produ-
ção em massa que implantou em sua fábrica é “aeconomia de pensamento e a redução ao mínimo do movimento do operário, que, se sendo possível, deve fazer sempre uma só coisa com um só movimento”. Sabese que esse pensamento já é ultrapassado, pois hoje
em dia focaliza-se com intensidade o Capital Intelectual mesmo dos operários da linha de produção. No
entanto, para a época, em que os carros eram produzidos de forma quase artesanal (manufatureira),a inovação está na introdução da maquinaria, separando o
trabalho intelectual do trabalho manual, mantendo o
último como a base do processo de trabalho. A concepção de Ford quanto seus operários é reforçada
quando diz: “Por que toda vez que peço um par de
braços vem um cérebro junto?” Essa célebre frase revela um pouco de uma época em que os empresários
estavam preocupados apenas em...
tracking img