Fordismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TAYLORISMO, FORDISMO E TOYOTISMO
Taylorismo
No inicio do século XX duas formas de organização de produção industrial provocaram mudanças significativas, taylorismo e o fordismo, esses dois sistemas visavam à racionalização extrema da produção, com finalidade de aumentar o lucro.
Tanto o taylorismo quanto o fordismo tinham como objetivos a ampliação da produção em um menosespaço de tempo e dos lucros dos detentores dos meios de produção através da exploração da força de trabalho dos operários.
Fredeick Winslow Taylor engenheiro mecânico, desenvolveu um conjunto de métodos para a produção industrial que ficou conhecida como Taylorismo. O Taylorismo que também ficou conhecido como Teoria da Gestão Cientifica ou Organização cientifica do Trabalho, tinha comogrande objetivo aumentar a produtividade, cada tarefa redefinida ou alterada para que o trabalho seja executado no menor tempo possível, nesse modelo o salário de cada operário era calculado com base num desempenho obtido, decrescendo a partir daí por forma a evitar a ocorrência de quebras na produção, este é o principio básico da Organização Cientifica do Trabalho.
De acordo com Taylor, ooperário deveria exercer apenas sua função em menor tempo possível durante o processo produtivo, onde cada operário e cada gestor da organização deve ser colocado na tarefa na qual obtém melhores resultados, disciplinado e repetitivo, o operário não tem capacidade, nem formação para analisar o seu trabalho e estabelecer racionalmente qual o método ou processo mais eficiente. Geralmente, o supervisorcomum deixava ao arbítrio de cada operário a escolha do método ou processo para executar o seu trabalho, para encorajar sua iniciativa e não havendo necessidade do conhecimento do produto final.
Porém, com a Administração Científica ocorre uma repartição de responsabilidades, onde a administração ou gerência fica com o planejamento (estudo minucioso do trabalho do operário e o estabelecimento dométodo de trabalho) e a supervisão (assistência contínua ao trabalhador durante a produção), e o trabalhador fica com a execução do trabalho, pura e simplesmente.
O fato de se basear no pressuposto de que as pessoas são motivadas apenas pela satisfação das necessidades básicas, quando na verdade existem muitas outras necessidades como a satisfação no trabalho e o bem estar social, isso era aprincipal deficiência do Taylorismo.
Alguns dos seguidores mais importantes de Taylor e que deram continuidade ao desenvolvimento da teoria da gestão cientifica foram Henry l. Gantt, Harrington Emerson, Frank B. Gilbreth e Lílian M. Gibreth e ainda o famoso industrial da industria Henry Ford, que ficou conhecido pela idealização de linha de montagem.
Fordismo

Instituído pelonorte-americano Henry Ford, era um modelo de produção automobilística em massa. Ford utilizou à risca os pirncípios de padronização e simplificação de Frederick Taylor e deselvolveu outras técnicas avançadas para a época, como por exemplo, a introduçãodas linhas de montagem automatizada, onde os veículos eram montados em esteiras rolantes que movimentavam-se enquanto o operário ficava praticamente parado,realizando uma pequena etapa da produção. Esse processo não exigia qualificação dos trabalhadores, mas apresentava uma alta carga horária diária e com pouca remuneração.
Esse método consistia em aumentar a produção através do aumento de eficiência e baixar o preço do produto, resultando no aumento das vendas que, por sua vez, iria permitir a baixa do preço do veículo. Mas a produção emsérie implicou na queda da qualidade do mesmo.
O Fordismo teve seu ápice no período posterior a Segunda Guerra Mundial, nas décadas de 1950 e 1960, que ficariam conhecidas na historia como Os Anos dourados ou Estado de Bem-Estar Social.
O Fordismo entrou numa crise sem precedentes. Vários foram os motivos, mas o principal para foi que a produtividade caiu. A crise alastrou-se...
tracking img