Ehrlichia spp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1073 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1- Ehrlichia SSP. 02
2- Ciclo 02
3-Sintomas03
4-Fase Aguda 03
5-Fase Sub clinica 03
6-Fase Crônica04
7- Diagnostico 04
8- Tratamento 05
9- Prevenção 05
10-Espécies de importância na medicina veterinária 505
11-Anexos 06


Ehrlichia SSP.

A Ehrlichiose é causada por bactérias gram-negativas da família Anaplasmataceae: gêneros Ehrlichia, Anaplasma e Neorickttsia. Estas bactérias são parasitas intracelulares obrigatórios que infectam geralmentecélulas sanguíneas da série brancas – leucócitos por exemplo.
A patologia afeta tanto humana como animais e é tranmitida através da picada de carrapatos com inoculação de células parasitadas com agente etiológico.

Ehrlichia dentro de linfócitos

* Ciclo

Um carrapato contaminado normalmente da espécie Rhipicephalus sanguineus com a Ehrlichia canis transmite ao animal a Ehrlichia aosugar o sangue dele. Sua saliva torna-se potencialmente transmissora da Ehrlichia que ele carrega.
O Carrapato responsável pela erliquiose canina (Rhipicephalus sanguineus) gosta de se esconder em tocas, ninhos e até em esconderijos em canis. Ele habita ambientes urbanos.
O animal também pode ser parasitado pela Ehrlichia ainda dentro da barriga da mãe. Se essa por sua vez estiver infectada, juntocom as inúmeras trocas que ocorrem entre mãe-filho pela placenta e vasos endoteliais, a Ehrlichia irá também ser transmitida aos descendentes. Além dos filhotes poderem “pegar” a “doença do carrapato através da mãe”, eles podem morrer precocemente ou nascerem malformados.
Isso acontece porque como a hemoglobina é a célula responsável pelo transporte de oxigênio, e a Ehrlichia age causandohemólise (ou seja, quebrada da hemoglobina) o corpo da cadela fica mal oxigenado e conseqüentemente seus filhotes também. Tudo isso é importante para se mostrar a importância de todo um acompanhamento antes, durante e após a gestação.
A Ehrlichia não afeta apenas os cães, eles  podem ser importantes fatores de zoonose transmitido também para os humanos. Na América do Norte, ainda se tem a erliquiosehumana que é transmitida pela Ehrlichia chaffensis. No Brasil as doenças transmitidas por carrapatos a humanos não tem significância suficiente na Saúde Pública humana.

* Sintomas

O animal pode apresentar  três formas da doença: a aguda, a subclínica e a crônica.

1. Fase aguda: caracteriza-se por anemia, febre, emagrecimento, depressão, anorexia. É a fase que a erlichia ainda pode serdiagnosticada através de esfragaços sanguíneos retirando gotas de sangue da orelha do cão.
Normalmente esses  sintomas começam a aparecer 10 a 14 dias depois da infecção. A diminuição das plaquetas é um achado em 100% dos animais infectados devido à característica da Ehrlichia em causar destruição das células sanguíneas (hemólise). Com isso podem acontecer pequenas hemorragias pelo corpo....
tracking img