Fonetica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3132 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FEUDUC
Assunto: Fonética e fonologia da língua portuguesa

Fonética
A Fonética é a ciência que apresenta os métodos para a descrição, classificação e transcrição dos sons da fala, principalmente aqueles sons utilizados na linguagem humana. A Fonética articulatória estuda a produção da fala do ponto de vista fisiológico, articulatório.

Fonologia
A Fonologia é a ciência que estudaos sons da língua do ponto de vista de sua função no sistema de comunicação lingüística. Ela estuda os elementos fônicos que distinguem, numa mesma língua, duas mensagens de sentido diferente, e aqueles que permitem reconhecer uma mensagem igual através de realizações individuais diferentes.

Modo de Articulação
Chegando à boca, a corrente de ar que provém dos pulmões pode ser totalmentebloqueada, ou comprimida de vários modos, sendo parcialmente bloqueada. Resultam daí os seguintes modos de articulação, em português: oclusivos, constritivos, vibrantes, laterais e nasais.


Fonemas Consonantais
a) Fonemas oclusivos - São resultantes do bloqueamento total, mas sempre momentâneo, da corrente de ar, em alguma parte da boca. São oclusivos, em português, os seguintes fonemas:/t/, /k/, /b/, /d/, /g/.
b) Fonemas constritivos - São resultantes do efeito de atrito a que se submete a corrente do ar, cujo percurso é parcialmente bloqueado e se desvia, por isso, pelo canal formado pela língua. (Acusticamente, a constrição produz um chiamento perceptível.) São constritivos os seguintes fonemas:/f/, /s/, /s/, /v/, /z/, /z/.
c) Fonemas Liquidos, comumente subdivididosem:
(i) Fonemas vibrantes - São resultantes de brevíssimos e repetidos bloqueamentos parciais da corrente de ar, provocados por movimentos vibratórios da língua (ao colidir com os dentes), do véu palatino, ou da úvula. Em português distinguimos entre vibrante simples (com uma ou duas vibrações, /r/) e vibrante multipla (mais de duas vibrações / r / ).
(ii) Fonemas Laterais - São resultantesdo bloqueamento parcial da corrente de ar, que se escoa pelos lados da língua. São fonemas (líquidos) laterais, em português, / 1 / e / λ / (este último representado, na escrita, pelo digrafo 1h (cf. “alho”).
d) Fonemas nasais - Resultam da passagem de parte da corrente de ar para as fossas nasais, que atuam, conjuntamente com a boca, com caixa de ressonância. São fonemas consonanticosnasais, em português, /m/, /n/, /ñ/.


Fonemas Semiconsonantais ou Semivocálicos
Tanto as semivogais quanto as semiconsoantes são fonemas que não são consoantes (porque possuem a natureza vocálica) nem são vogais (porque são assilábicos, ou seja, diferentemente das vogais não constituem o centro da sílaba). Em “loura”, por exemplo, a letra “o” representa um fonema vocálico (é o centro dasílaba), mas a letra “u” representa, apenas, um som de passagem, isto é, um som que se produz quando a língua passa de uma posição articulatória para outro. Ao contrário dos fonemas líquidos, que são complexos (vocálicos e consonânticos, simultaneamente), as semivogais e semi-consoantes são fonemas neutros (nem vocálicos nem consonânticos). É o que os define como transições, passagens, glides: /w/ e /j/ ,como, por exemplo, na palavra quais /kwajs/.

Fonemas vocálicos
Vogais são fonemas sonoros resultantes da livre passagem da corrente de ar para a boca ou para a boca e as fossas nasais, órgãos estes que atuam como simples caixa de ressonância (órgãos ressonadores). Três propriedades características das vogais são:
(a) as vogais apresentam o maior abrimento dos órgãos articulatórios: aboca fica normalmente aberta ou entreaberta ao pronunciar uma vogal;
(b) as vogais apresentam o maior número de vibraçôes das cordas vocais por unidade de tempo (ou seja, têm a maior frequência);
(c) as vogais são os únicos fonemas do português a integrar o centro da sílaba.
FONEMAS CONSONANTAIS DO PORTUGUÊS DO BRASIL


|MODO DE ARTICULAÇÃO |PONTO DE ARTICULAÇÃO...
tracking img