Folclore brasileiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1114 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é Folclore
Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. Muitos nascem da pura imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas. O folclore pode ser dividido em lendas e mitos.Muitos deles deram origem às festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país. As lendas são estórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos. Misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da fantasia. As lendas procuraram dar explicação a acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.
Os mitos são narrativas que possuem um forte componentesimbólico. Como os povos da antiguidade não conseguiam explicar os fenômenos da natureza, através de explicações científicas, criavam mitos com este objetivo: dar sentido as coisas do mundo. Os mitos também serviam como uma forma de passar conhecimentos e alertar as pessoas sobre perigos ou defeitos e qualidades do ser humano. Deuses, heróis e personagens sobrenaturais se misturam com fatos da realidadepara dar sentido a vida e ao mundo.
Algumas lendas, mitos e contos folclóricos do Brasil: Boitatá, Curupira, Lobisomem, Mula-sem-cabeça, Saci-Pererê e etc...
O dia do folclore no Brasil é comemorado com festas e eventos no dia 22 de agosto.

Comidas Típicas - Região Nordeste do Brasil

A formação cultural do Nordeste, região com área de 1.561.177,8km2, gerou a mais diversificada culinária doPaís.
Iniciando pelos abarás e acarajés, na Bahia. Antepastos aos vatapás e às moquecas de peixe, de ostras, de camarões, iguanas douradas pelo azeite de dendê. Há, também, pratos à base de peixes dos mais vários tipos, servidos em formas várias: sopas, escaldados, cozidos. E casquinhas de caranguejo, frigideiras de siri mole e cavaquinhas.
Na cozinha nordestina há pratos exóticos, elaboradoscom carnes de porco, de cabrito, de carneiro. E aves. Prazeres que vão desde as tripas à sergipana até a carne de sol à Natal, passando pelo xinxim de galinha e pela galinha d’Angola de Teresina. No Nordeste, ocorre também a feijoada à alagoana, o cozido à baiana, o mocotó e o bobó de inhame. Sobre a sobremesa, encontram-se: cocadas, sorvetes e refrescos feitos com frutas típicas, como taperebá,manga, araçá, cajú e pitanga, graviola e mangaba.

Trava Línguas
Trava línguas é uma brincadeira com palavras e frases. Podemos definir os trava línguas como frases folclóricas criadas pelo povo com o objetivo lúdico (brincadeira). Apresenta-se como um desafio de pronuncia, ou seja, uma pessoa passa uma frase difícil para um outro individuo falar. Estas frases tornam-se difíceis, pois possuemmuitas sílabas parecidas (exigem movimentos repetidos da língua) e devem ser faladas rapidamente. Estes trava línguas já fazem parte do folclore brasileiro, porém estão mais presentes nas regiões do interior brasileiro.

Exemplos de trava línguas:
1º. O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar.
2º. Em um ninho de mafagafos havia sete mafagafinhos; quem amafagafar maismafagafinhos, bom amagafanhador será.
3º. O tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem. O tempo respondeu pro tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.
4º. O rato roeu a roupa do rei de Roma. Rainha raivosa rasgou o resto.
5º. Três tigres tristes para três pratos de trigo. Três pratos de trigo para três tigres tristes.
6º. O peito do pé de Pedro é preto. Quem disserque o peito do pé de Pedro é preto tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro.
7º. O doce perguntou pro doce qual é o doce mais doce que o doce de batata-doce. O doce respondeu pro doce que o doce mais doce que o doce de batata-doce é o doce de doce de batata-doce.
8º. Cinco bicas, cinco pipas, cinco bombas. Tira da boca da bica, bota na boca da bomba.
9º. A aranha arranha a...
tracking img