Floresta mediterranica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1905 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Floresta Mediterrânica |
Ciências Naturais – 8º Ano |
|



No final do período Terciário, os continentes adoptaram a posição actual, surgiu o clima mediterrânico e o coberto vegetal sofreu uma completa mudança originando a vegetação que hoje conhecemos.

***
Florestamediterrânica

O Clima

O clima de tipo mediterrânico faz sentir-se em cinco Regiões diferentes do globo, aproximadamente entre 30º e 40º de latitude, nas zonas ocidentais dos continentes:
- Califórnia, Chile, sul de África, Bacia do Mediterrâneo e sudoeste da Austrália.
Este clima surgiu muito tarde na história da Terra, quando as placas continentais já se encontravam numa posição próximada actual.
A diversidade genética inicial, quando o clima mediterrânico se começou a fazer sentir, era diferente nas várias regiões.
Em todas as áreas, sujeitas a um clima semelhante, houve uma convergência em termos de adaptação da vegetação ao clima.
A área total do globo ocupada pela vegetação de tipo mediterrânico (Formações arbóreas e arbustivas perenes esclerofilas-folhas duras). é decerca de 1.8 Milhões de km2, encontrando-se mais de metade ao longo do Mediterrâneo.
O Clima mediterrânico tem uma precipitação mínima no Verão e os dois dos meses após o Verão são meses secos.
A precipitação anual é baixa, sendo superior nos meses mais frescos.
O verão é prolongado, e constitui uma estação desfavorável para as plantas devido:
- Às temperaturas elevadas (20 °C - 25 °C)
-Radiação solar intensa
- Falta de precipitação
O Inverno e, sobretudo, o Verão são estações desfavoráveis para as plantas.
O crescimento vegetal ocorre, principalmente, na Primavera e no Outono.
A precipitação dá-se em períodos curtos e violentos, sendo os efeitos negativos, porque as gotas de chuva vêm cheias de força e por isso causam a erosão dos solos.
A erosão originou solos finos ou mesmoesqueléticos, e por isso muito pouco férteis.

O aparecimento do clima mediterrânico
Evolução do planeta
Quando as condições ambientais se alteraram deixando de ser favoráveis, às espécies, estas:
- Extinguiram-se;
- Emigraram;
- Adaptaram-se às novas condições;
- Ficaram em pontos restritos (abrigos) onde, por qualquer motivo, as condições ambientais não tinham sofrido alteraçõessignificativas.
O clima actual é recente na história da Terra.
Durante muito tempo o planeta teve um clima mais quente e mais húmido do que o actual e, também não havia tantas diferenças regionais de climas.
A vegetação mediterrânica (- Plantas lenhosas, perenifólias, com folhas grandes e largas (latifoliadas) e cobertas por uma película de cera), veio substituir a floresta subtropical húmida(Laurisilva) que tinha uma grande variedade de espécies arbóreas.
A floresta subtropical húmida era composta por:
* Florestas de coníferas
* Florestas temperadas caducifólias
* Florestas subtropicais, tropicais e equatoriais
* Florestas subtropicais perenifólias (Laurissilva)

Quando a Terra começou a arrefecer, começou também a crescer a aridez, devido a vários fenómenos, um dos quais amudança de posição das placas continentais, que alterou a circulação atmosférica e dos oceanos.
A alteração das condições que antes eram mais favoráveis causou uma maior diversidade de ambientes, tipos climáticos e ecossistemas.
Nas costas oeste dos continentes, em altitudes médias continua a dar-se uma diminuição da precipitação.
O clima tornou-se, nitidamente subtropical árido.
As florestastropicais (adaptadas à secura) do norte de África desenvolveram-se para norte., dando origem à selecção das espécies lenhosas originais da (Laurisilva). Apenas sobrevivendo algumas espécies que, conseguiram adaptar-se às novas condições ambientais, como o loureiro ou espécies que encontraram refúgio em bons locais (precipitação e temperatura elevadas), e que são chamadas espécies relíquia,...
tracking img