Fluxo de caixa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4306 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
METODOLOGIA
Tem como finalidade captar e analisar as características dos métodos disponíveis nas Demonstrações de Fluxo de Caixa, avaliar suas capacidades, o potencial, limitações ou distorções e criticar as implicações de sua utilização.


































1 - INTRODUÇÃO
Esta pesquisa procura analisar como a Demonstração de Fluxode Caixa é de extrema importância para a tomada de decisão e como administrar os negócios pelo fluxo de caixa, visando reduzir os riscos financeiros e, consequentemente, aumentar a rentabilidade.


1.2 - OBJETIVOS DA PESQUISA


A importância da Demonstração do Fluxo de Caixa como ferramenta para o planejamento e controle financeiro da entidade.


1.3 - TRATAMENTO DE DADOSEste trabalho foi instruído a base de pesquisas de livros, artigos e revistas publicadas no Brasil.
Foi feita pesquisa em sites referente ao conteúdo estudado para buscar e atualizar as informações.


















2 – APRESENTAÇÕES DA DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA (DFC)
Com base no autor Filho (1999), a Demonstração do Fluxo de Caixa ainda que não seja obrigatório no Brasil,é uma ferramenta importante nas entidades para análise gerencial do que realmente disponibiliza o caixa para os movimentos financeiros da empresa.
“Os Estados Unidos foram os pioneiros nesse assunto. As alternativas foram discutidas durante 10 anos (de 1977 a 1987). Em 1987 publicou – se o F.A. S (Financial Accounting Standard) nº. 95, definindo o modelo de Demonstração de Fluxode Caixa e os critérios a serem observados para gerar este relatório. A partir de então, todas as empresas nos Estados Unidos devem elaborar, além do Balanço Patrimonial e da Demonstração de Resultados, a Demonstração dos Fluxos de Caixa. Outros países como o Brasil, estão em fase de estudos ou dependendo de legislação para exigir a Demonstração dos Fluxos de Caixa das empresas”. (ATLAS,1999,p.25).
Até 1994, as altas taxas de inflação e a interferência da legislação fiscal no principal sistema de informação (contabilidade) afetavam fortemente a administração financeira das empresas. Os profissionais da área contábil faziam grandes esforços para equilibrar os números gerados sem distorções inflacionárias.
Em 1999, a inflação deixou de ser um aspecto relevante e passou a usar amoeda real para demonstrar as contas da entidade.
A medida dos anos, a Demonstração de Fluxo de Caixa vem evoluindo e esclarece estas situações financeiras ocorridas dentro do período e compara com a Demonstração do Resultado do Exercício quando há prejuízo no exercício e o caixa ainda mantém um valor consideravelmente alto.
“A DFC vem esclarecer situações controvertidas naempresa, como, por exemplo, a comparação com a DRE, o porquê de a empresa ter um lucro considerável e estar com o caixa baixo, não conseguindo liquidar todos os seus compromissos. Ou, ainda, embora seja comum, o porquê de a empresa ter prejuízo este ano, embora o caixa tenha aumentado.” (MARION, 2006, p. 427).




2.1 – CONCEITO:
A Demonstração de Fluxo de Caixa indica todas as origens(entradas) e aplicações (saídas) no caixa num determinado período. Visto no conceito do autor Marion.
“De forma condensada, a demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) indica a origem de todo o dinheiro que entrou no Caixa, bem como a aplicação de todo o dinheiro que saiu do Caixa em determinado período, e, ainda, o Resultado Financeiro”. (MARION, 2006, p.426).
2.2 – OBJETIVO:Esclarecer de forma clara as situações ocorridas no período para análise e tomada de decisão. Existem dois métodos de Demonstrações de Fluxo de Caixa, o método Direto que é evidenciado as entradas e saídas do Caixa e método Indireto que dá ênfase nas atividades operacionais da empresa.
Para analisar as Demonstrações de Fluxo de Caixa é fundamental conhecer e entender o fluxo de caixa e as...
tracking img