Finalidades, metodologias e perspectivas do ensino de sociologia no ensino médio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8779 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FINALIDADES, METODOLOGIAS E PERSPECTIVAS DO ENSINO DE SOCIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO

Júlio César Lourenço*



Cite este artigo: LOURENÇO, Júlio César. Finalidades, Metodologias e Perspectivas do Ensino de Sociologia no Ensino Médio. Revista Habitus: revista eletrônica dos alunos de graduação em Ciências Sociais - IFCS/UFRJ, Rio de Janeiro, v. 6, n. 1, p. 67-84, dez. 2008. Semestral.Disponível em: . Acesso em: 15 dez 2008.

Resumo: As dificuldades para a efetivação da Sociologia nos currículos do Ensino Médio parecem um desafio do presente, no entanto, é um fato que existe há algum tempo. O texto tem como objetivo de refletir sobre os desafios da Sociologia no contexto do ensino médio sob as considerações de Octávio Ianni no artigo O Ensino das Ciências Sociais no 1º e 2º Graus. Adiscussão a respeito das perspectivas, dos métodos de ensino, as finalidades, ao lado de outros dilemas, igualmente importantes, como as condições de trabalho, a quantidade de aulas semanais e a desnaturalização das pré-noções, são fundamentais seja por sua atualidade e relevância e também pela oportunidade de debatermos e ampliarmos nossos conceitos sobre a questão.

Palavras Chaves: Educação;Ensino Médio; Sociologia.



1. Introdução

S
ociologia deve ser lecionada no Ensino Médio? Por que ensinar? O que ensinar e como ensinar? O aluno do ensino médio tem capacidade e interesse para compreendê-la? A Sociologia pode contribuir nas nossas decisões cotidianas ou ela é apenas uma teoria interessante? A Sociologia vai ser uma disciplina divisora de águas ou será apenas um meiode colocar recém formados em Ciências Sociais no mercado de trabalho enquanto eles não chegam ao mestrado e ao doutorado? Qual a relação de Sociologia com a formação de cidadania? Porque se cria tanta ilusão e polêmica em torno dela? Estas questões já há algum tempo geram interessantes debates entre sociólogos, pedagogos, diretores de escolas, políticos, entre outros. As questões são válidas umavez que a Sociologia está voltando aos currículos do Ensino Médio, depois de vários anos percorrendo longo um caminho de intermitências, com idas e voltas às grades curriculares. Apesar do retorno, permanecem ainda muitas dúvidas, ilusões e preocupações a respeito de como esta nova disciplina irá comportar-se, aliado a isto, deve-se ressaltar que qualquer análise deve sempre considerar arealidade do ensino público e privado no Brasil.

Procuramos, assim, a partir da análise da experiência de estágio e regência, esclarecer um pouco mais o debate sobre a Sociologia no Ensino Médio no contexto brasileiro. Sabemos que se trata de um assunto complexo, e interessante, portanto, não temos a pretensão de esgotá-lo em tão breve ensaio.

Trazendo um pouco de contexto histórico à discussão,devido à concretização das Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (DCNEM), algumas unidades da federação, dentre elas o Estado do Paraná, efetivaram reformas curriculares que incluem a Sociologia como disciplina obrigatória, no entanto, está longe de ser fácil o processo de sua efetivação nas escolas. Infelizmente, em geral, essas políticas de modificação curricular no Brasil, temse caracterizado como programas de governo, o que significa que possuem início e fim determinados, o que é também uma jogada política, uma vez que não viram leis, tornam-se “doações”, caridades e não direitos. Falta tempo para a implementação e consolidação destes programas no espaço de tempo de um governo, acarretando descontinuidade administrativa e pedagógica. O mais grave é que tais políticaslevam ao descrédito no âmbito escolar, uma vez que os professores na maioria dos casos a ignoram, sequer lêem as propostas. Sendo assim, a meu ver, devido a todas as problemáticas, se a Sociologia não se consolidar rapidamente corre seriamente o risco de novamente desaparecer.

Pierre Bourdieu afirma que não é possível capturar a lógica mais profunda do mundo social a não ser submergindo na...
tracking img