Filosofos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5167 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FADIPA – SOCIOLOGIA JURIDICA - 201
PROFESSOR: JOAO CARLOS DUARTE

UM ASPECTO RELEVANTE DA MODERNIDADE

A FORMAÇÃO DO ESTADO MODERNO

Filosofando – Introdução à Filosofia
Maria Lúcia Arruda Martins

1. HOBBES E O PODER ABSOLUTO DO ESTADO

Thomas Hobbes (1588-1679),inglês de família pobre, convive com a nobreza, de quem recebe apoio econdições para estudar, e defende ferrenhamente o poder absoluto, ameaçado pelas novas tendências liberais. Teve contato com Descartes, Francis Bacon e Galileu. Dedica-se, entre outros assuntos, ao problema do conheci- mento, tema básico das reflexões do século XVII, representando a tendência empirista. Aqui, veremos sua contribuição para o pensamento político, expresso nas obras De Cive eLeviatã.
O que acontecia no século XVII, época em que Hobbes viveu?
O absolutismo real atingira o seu apogeu, mas se encontrava em vias de ser ultrapassado, ao enfrentar inúmeros movimentos de oposição baseados em idéias liberais. Se na primeira fase - Inglaterra de Isabel e França de Luís XIV - o absolutismo favorecera a economia mercantilista, que protegia as indústrias nascentes, já na segunda fase,com o desenvolvimento do capitalismo comercial, o intervencionismo estatal começa a ser repudiado, uma vez que a burguesia ascendente aspira à economia livre. Por outro lado, o sentimento de independência em relação ao papado e a crítica à teoria do direito divino dos reis revelam a tendência à laicização do pensamento.
A vida política é agitada por movimentos revolucionários: na França,terminada a Guerra dos Trinta Anos (1 618-1648), rebenta a Fronda; na Inglaterra, Cromwell, comandando a Revolução Puritana, destrona e executa o rei Carlos 1 (1649).
Para Hobbes, no estado de natureza, o ser humano tem direito a tudo. "O direito de natureza, a que os autores geralmente chamam naturale, é a liberdade que cada homem possui de usar seu próprio poder, da maneira que quiser, para apreservação de sua própria natureza, ou seja, de sua vida; e, consequentemente, de fazer tudo aqui-
lo que seu próprio julgamento e razão lhe indiquem como meios adequados a esse fim".
Ora, enquanto perdura esse estado de coisas, não haverá segurança nem paz alguma. A situação dos indivíduos deixados a si próprios é de anarquia, que gera insegurança, angústia e medo. Os interesses egoístas predominam ecada um se torna um lobo para o outro (homo homini Impus). As disputas provocam a guerra de todos contra todos (bellum omnium contra omnes), com graves prejuízos para a indústria, a agricultura, a navegação, o desenvolvimento da ciência e o e1onforto de todos.
Na seqüência do raciocínio, Hobbes pondera que o indivíduo reconhece a necessidade de "renunciar a seu direito a todas as coisas,contentando-se, em relação aos outros homens, com
a mesma liberdade que aos outros homens permite em relação a si mesmo". A nova ordem é celebrada mediante um contrato, um pacto, pelo qual todos abdicam de sua vontade em favor de "um homem ou de uma assembléia de homens, como representantes de suas pessoas". Assim, não sendo o ser humano sociável por natureza, o será por artifício. São o medo e o desejo depaz que levam os indivíduos a fundar um estado social e a autoridade política, abdicando dos seus direitos em favor do soberano.
Qual é a natureza do poder legítimo resultante do consenso? Que tipo de soberania é garantida pelo pacto?
Para Hobbes, o poder do soberano deve ser absoluto, isto é, ilimitado transmissão do poder dos indivíduos ao soberano deve ser total, caso contrário, por pouco queseja conservada a liberdade natural, instaura-se de novo a guerra. E, se não há limites para a ação do governante, não é sequer possível ao súdito julgar se o soberano é justo ou injusto, tirano ou não, pois é contraditório dizer que o governante abusa do poder: não há abuso quando o poder é ilimitado.
Vale aqui desfazer o mal-entendido comum pelo qual Hobbes é identificado como defensor do...
tracking img