Filosofica quantica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (286 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A corrente filosófica a que chamamos de “filosofia quântica” tem tido vários protagonistas, desde logo alguns cientistas da Física contemporânea. Entretanto, outros nomes sugiram,desta vez de fora da ciência propriamente dita, como Peter Novak e Anthony Peake, que estando mais familiarizados com a história do pensamento filosófico conseguiram estruturarminimamente a corrente filosófica com algum fio condutor que a distinga de uma outra corrente de pensamento qualquer.

Quando falamos de filosofia quântica referimo-nos a umacorrente de pensamento que se baseia nas descobertas da mecânica quântica, mas que também se apoia no pensamento de muitos filósofos que, de uma forma desgarrada e extemporânea,acabaram por tocar na temática quântica, desde os pitagóricos na antiga Grécia até aos existencialistas no século XX.

Sendo uma corrente de pensamento relativamente recente ― como tudoque nasce e necessita de maturação ― a filosofia quântica tem tido alguma dificuldade de interpretação por parte de intelectuais ― e mesmo da parte de filósofos ― porque elatransporta consigo alguns conceitos novos e que a a filosofia (tradicionalmente entendida como tal) não tinha previsto de uma forma sistemática. Assim, existe a tendência para tentarcriar paralelismos ideológicos que permitam identificar a filosofia quântica com uma outra qualquer corrente filosófica do passado. Por exemplo, quando eu escrevi este postal sobre aética, um leitor identificou-me como seguidor do realismo; porém, quando eu lhe apontei estoutro postal já não seria possível continuar-se a afirmar de mim o realismo. Por outrolado, quem considere a filosofia quântica como um solipsismo também não vinga no seu argumento porque na quântica existe a realidade objectiva (objecto) para além do sujeito.
tracking img