Filipe 2

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2099 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FILIPE, 2º IMPÉRIO

ALUNOS:


ABRIL/2012

ÍNDICE

Introdução
Contexto histórico ................................................................................... 3/4

A ARQUITETURA DA ÉPOCA
O MANEIRISMO ........................................................................................ 5
A ARQUITERURA MANEIRISTA...................................................................................... 6
EXEMPLOS DE MOBILIÁRIO MANEIRISTA ............................................ 7
O RENASCENTISMO ................................................................................ 8
A ARQUITETURA DO RENASCENTISMO ............................................... 9
EXEMPLOS DO MOBILIÁRIO DO RENASCENTISMO .......................... 10

CONCLUSÃO............................................................................................. 11

BIBLIOGRAFIA ............................................................................................ 12

INTRODUÇÃO

- Contexto histórico:
A Espanha atingiu o momento de seu auge entre os anos 1479 e 1598, nos sentidos político, cultural e econômico. A figura de Filipe II se destaca, por ter herdado um vastoimpério construído a partir dos Reis Católico. Foi governante do nosso país a partir de 1580, fruto da intenção de alargamento dos territórios. Nessa altura, Portugal já conseguia construir o seu próprio caráter, decorrente da expansão ultramarina. A união a Castela teve como imediata consequência a perda do império conquistado por Portugal. O período de êxito de Espanha foi fugaz, embora se orgulhede ter sido um dos países pioneiros na fundação de imensos impérios.
O grande desenvolvimento que culminaria o período de Filipe II já se vinha desenhando o reinado Reis Católicos com a união de Castela a Aragão e a conquista de Granada. Dois fatores fizeram o sucesso deste período: o alargamento do império com a descoberta do Novo Mundo, da responsabilidade de Colombo, e a expulsão dosMulçumanos do Sul com a consequente unificação das províncias continentais. Esta ultima passou a constituir um dos problemas nunca resolvidos e que prejudicaram enormemente a coesão política interna, devido às más relações de vizinhança entre Aragão e Castela.
Filipe II mostrou-se um homem extremamente tenaz e ambicioso, um verdadeiro burocrata e possuídos de uma enorme capacidade de trabalho. O legadoque tornou visível essa preocupação desmesurada de centralização do poder absoluto tornou Madrid o centro do Império. A burocracia tentacular e a centralização revelaram-se no futuro perigosas, pois tornaram-se o sistema demasiado pesado, manifestando-se numa administração dispendiosa.
Apesar dos problemas financeiros herdados de Carlos V, mas sempre ocultados pela ilusão do ouro, Filipe IIperseverava na sua tentativa de manter o império. Desse ponto de vista compreende-se a Batalha de Lepanto, contra os turcos (1571), e a unificação ibérica (1580).
Como homem católico, empenha-se na luta contra os protestantes, pois um dos seus grandes sonhos era o domínio de uma Europa totalmente católica e livre de quaisquer ideias protestantes ou heréticas. Depois da febre conquistadora nosreinador dos Reis Católicos e de Carlos V, sob o ímpeto da sede do ouro e da vontade de evangelizar, Filipe II desenvolve a ocupação dos territórios do Sul da América, Chile e dos territórios do Rio da Prata. Fruto da união ibérica, teve a oportunidade de juntar ao já imenso império, as possessões portuguesas do Extremo Oriente. Dara do seu reinado a fundação de Manila, a descoberta das ilhas Salomão,Taiti, Marquesas e Novas Hébridas.
Apesar dos momentos de glória, dois problemas conturbavam o seu governo – a ameaça interna dos Países Baixos e a ameaça externa da Inglaterra. A primeira teve efeitos econômicos imediatos e a segunda provocou, a longo prazo, o empobrecimento da Espanha.
A ideia de que o grande império espanhol era frágil sempre foi menosprezada durante o reinado de Filipe II...
tracking img