Figuras de linguagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2160 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário
Introdução 2
Figuras de Linguagem 3
Figuras de Sintaxe 7
Figuras de Pensamento 11
Referências14
Introdução
As figuras de linguagem são recursos que tornam mais expressivas as mensagens. Subdividem-se em figuras de som, figuras de construção, figuras de pensamento e figuras de palavras.

Figuras de Linguagem

Metáfora
A metáfora consiste em retirar uma palavra de seu contexto convencional (denotativo) e transportá-la para um novo campo de significação (conotativa), por meiode uma comparação implícita, de uma similaridade existente entre as duas:

Exemplo: Buscava o coração do Brasil. 

O Brasil não possui o órgão biológico em questão. Portanto, coração significa aí o centro vital, a essência, o âmago do país.

Exemplo: Achamos a chave do problema. 

O problema não é nenhuma fechadura, mas para resolvê-lo (ou abri-lo) o elemento que se diz ter achado étão necessária quanto uma chave para abrir uma porta.

Metonímia

A metonímia consiste em empregar um termo no lugar de outro, havendo entre ambos estreitos afinidade ou relação de sentido. Observe os exemplos abaixo:

1 - Autor pela obra: Gosto de ler Machado de Assis. (Gosto de ler a obra literária de Machado de Assis.) 

2 - Inventor pelo invento: Édson ilumina o mundo.(As lâmpadas iluminam o mundo.)

3 - Símbolo pelo objeto simbolizado: Não te afastes da cruz. (Não te afastes da religião.)

Catacrese
Trata-se de uma metáfora que, dado seu uso contínuo, cristalizou-se. A catacrese costuma ocorrer quando, por falta de um termo específico para designar um conceito, toma-se outro "emprestado". Assim, passamos a empregar algumas palavras fora de seu sentido original.Exemplos:
"asa da xícara""batata da perna""maçã do rosto""pé da mesa""braço da cadeira""coroa do abacaxi" |
Sinestesia
Consiste em mesclar, numa mesma expressão, as sensações percebidas por diferentes órgãos do sentido.
Exemplos:
Um grito áspero revelava tudo o que sentia. (grito = auditivo; áspero = tátil)
No silêncio escuro do seu quarto, aguardava os acontecimentos. (silêncio =
Auditivo;negro = visual).
Sinédoque
Uma palavra que expressa um elemento menor representa algo de expressão maior. (Obs. Há uma grande controvérsia entre gramáticos sobre a sinédoque ser uma variedade da metonímia ou vice-versa.)
Exemplos:
“Ganharás o pão com o suor do teu rosto.”
Pão, no caso, vale por toda a alimentação. Suor do rosto significa esforço, trabalho.·.
“Luiza completou 15 primaverasontem.”
Não foram só primaveras, mas também verões, invernos e outonos, ou seja, "primavera" aí significa "anos".

Comparação

Assim como a metáfora, a comparação baseia-se numa relação de semelhança. São distintas, porém, na maneira como estabelecem essa relação. Na metáfora, ocorre de maneira implícita; na comparação, de forma explícita, através de uma partícula comparativa pra interligaros elementos em confronto, em forma de analogia.
Vamos observar como isso ocorre nesses versos de Cecília Meireles:
“Meu coração tombou na vida
tal qual uma estrela ferida
pela flecha de um caçador”.
Veja que o eu lírico compara o termo “coração” a “estrela”, aproximando-os pela sua semelhança, de modo que podemos atribuir as características de “estrela” a “coração”. Essa relação desimilaridade ocorre através do elemento comparativo “tal qual”.
Nesses versos de Roseana Murray, encontramos comparações com o elemento comparativo “como”:
“Para a florista,
as flores são como beijos
são como filhas,
são como fadas disfarçadas”.
Aqui a comparação se dá de maneira explícita, com o intuito de descrever o sentimento da florista em relação às flores, comparando-as com “beijos”...
tracking img