Fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1499 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
* Durante o século XIX, com a expansão da criação do gado e algumas produções agrícolas em algumas ilhas de umidade no sertão, alguns povoados foram nesse período elevados a categoria de cidade.
* Recife e Salvador foram duas grandes cidades a partir das quais se deram a conquista e a urbanizaçâo do sertão nordestino
* Em 1852 Manaus foi elevada a capital da província e no final do séculopassou a ser um importante centro de comércio de borracha, o que lohe valeu um breve porém significativo surto de urbanização, tornando-se uma das principais cidades da região amazônica.
* A região sul presenciou o nascimento de cidades que, partindo das áreas próximas ao litoral, foram conquistando as regiões do interior dos planaltos, representando hoje importantes centros comerciais eindustriais
* Isso aconteceu em Santa Catarina com Lajes, fundada em 1800, Blumenau. Em 1852, e Joinville, em 1872. Aconteceu também no Rio Grande do Sul , com Caxias do Sul e Bento Gonçalves, em 1875, e São Bento do Sul, em 1884.
* Todas essas cidades relacionadas com a política do governo imperial de promover a ocupação da região sul com a imigração européia. Alemães e italianos foram osgrupos étnicos predominantes na sua fundação.
* Entre 1832 e 1896 foram fundadas três das principais cidades paulistas no interior do estado: Araraquara, Ribeirão Preto e Bauru, todas nascidas em função da economia do café e da cana-de-açúcar.
* As iniciativas dos grandes proprietários de cana e do governo permitiram que, em 1858 e 1860, se iniciasse a conbtrução de ferrovias em Recife eSalvador. Assim, no final do século XIX, Recife já estava ligada ao Rio Grande do Norte, organizando um significativo sistema de cidades.
* As condições favoráveis do relevo, os bons solos e o clima, juntamente com os sistemas de trasnporte, definiram aqueles lugares.
* O Brasil, durante todo esse século e mesmo durante as primeiras décadas do século XX, continuou tendo sua populaçãopredominnatemente rural. Além do quê, o surgimento de todas as novas cidades e o crescimento de outras já existentes deram-se num ritmo0 demográfico relativamente lento.
* Segundo dados arrolados por Caio Prado Jr., em 1872 somente 10% da população brasileira era urbana, concentrada nas cinco principais cidades: Rio de janeiro, Slavador, Recife, São Luís do Maranhão e São Paulo.
* Porém, oscálculos aproximados que os censos posteriores nos revelam indicam que ela ia pouco além de 10% por volta de 1900.
* As significativas mudanças ocorridas na polkítica e no sistema socioeconômico brasileiro, com a introdução do trabalho livre e assalariado a partir do fim do séculoo XIX, permitiram paralelamente uma nova orientação na ocupação do territótio.
* A circulação do dinheiro dos salárioscriou condições para o desenvolvimento dos mercados urbanos.
* Rio de Janeiro e São Paulo assumiram, a partir de então, a posição de liderança no crescimento entre as cidades brasileiras. A razão disso foi o café.
* O Rio de Janeiro foi transformado em capital da colônia em 1763 e em sede da Coroa portuguesa.
* As tarifas preferenciais que a coroa oferecia para quem exportasse peloporto do Rio beneficiava enormemente seu comércio, prejudicando a exportação do café do vale do paraíba paulista pelo porto de Santos, via São Paulo.
* Paralelamente ao que ocorreu no sudeste, o nordeste também presenciou suas transformações nas zonas dos canaviais, porém em menor escala.
* A economia do café , ao contrário, gerou no sudeste uma urbanização com sólidos mercados internos,representados pela vasta rede de cidades, enquanto o nordeste viu seu crescimento concentrar-se, em sua maior parte, nas capitais dos seus Estados e em algumas poucas cidades do interior.
* O mesmo aconteceu na região norte do Brasil, com o crescimento da economia da borracha, no início do atual século.
* Vale lembrar, mais uma vez , que o processo de modernização, implantado pelas...
tracking img