Fichamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (767 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COELHO, Beth. Contar histórias: Uma arte sem idade. 10ª Ed. São Paulo: Ática, 2004.

Contar histórias: uma arte sem idade
*Contando uma história na primeira pessoa, pois ocorreu com a autora umasituação na qual nenhuma teoria se enquadrou. “Num relance, a intuição: vou contar uma história.” (COELHO, 2004, p. 7). *Conte de novo, conte outra vez, e assim, foi contar histórias ficou sendo umaatividade prazerosa até para a autora. Pois, “eu contava apenas pelo gosto de contar” (COELHO, 2004, p. 09). //No começo ela contava as histórias por contar, depois com suas experiências, ela passou aamar contar histórias por ter percebido o quanto elas influenciavam na vida das crianças.
*A escolha da história é fundamental. Por isso é necessário saber o que história contar. Quando tem partestristes na história, a autora elucida “escolha o que gosta de contar” (COELHO, 2004, p. 14). *Os indicadores que nos auxiliam na seleção da história são os interesses da faixa etária a ser trabalhada.Segundo Coelho (2004, p. 14), “a história é um alimento da imaginação da criança e precisa ser dosada conforme sua estrutura cerebral”. *Assim, as crianças passam pela fase pré-mágica, pela fasemágica, pela idade escolar. // Nota-se que escolher a história não é nada fácil, pois deve perceber a faixa etária desejada, e para a criança sentir a história o educador deve contá-la com sentimento.
*O estudo da história infantil, é o segundo passo a ser dado, depois de escolher a história. Assim, “estudar uma história é, em primeiro lugar, divertir-se com ela, captar a mensagem que nela estáimplícita” (COELHO, 2004, p. 21). *Depois, é necessário descobrir a estrutura da narrativa: clímax, enredo, introdução e desfecho. *É fundamental explorar a história, pois “estudar uma história, portanto,é perscrutar-lhe todas as nuances e possibilidades de exploração oral.” (COELHO, 2004, p. 24). *Estudar a história, também, é trabalhar com músicas adaptando as letras, que trás muita inspiração....
tracking img