Fichamento "o principe"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (751 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Católica de Pelotas
Faculdade de Direito
Teoria Geral do Estado
Professora: Raquel Sparemberger

Sérgio Vasconcelos Junior
Referencias:http://www.fae.edu/pdf/biblioteca/O%20Principe.pdf
http://www.youtube.com/watch?v=LUDOnaqziLo
Sinopse
O autor, Nicolau Maquiavel, nesta obra mostra como um líder deve governar, e o quão difícil isto se torna,explorando meios ilícitos e atuando de forma perversa para que o povo não o questione e por incrível que pareça deste modo o ame. É o melhor manual de como aplicar a politica já produzido até hoje, tendo emvista que o autor era um visionário para a época (1469-1527), ele decodificava meios que são utilizados até hoje por nossa politica moderna.

“perturbasse a ordem das coisas e desorganizasse aquelesestados para que ele próprio conquistasse um deles.”
Maquiavel salientava que as vezes eram necessárias revoluções, ou ao menos distúrbios para que metas fossem atingidas, atualmente e na época dofordismo, isto era bem visado, pois através de perturbações de ordem(protestos), e greves os trabalhadores conquistavam seus direitos, já em questão a revoluções, tem-se como exemplo as grandesindependências que ocorreram nas Américas, cujos estados (metrópoles) foram desorganizados e assim formaram-se novos estados, os que vivenciamos hoje.

“Fácil lhe será a empresa, quando se tenha disposto aprotegê-lo. E como os homens, recebendo benesses de quem esperavam apenas o mal, obrigam-se mais para com o benfeitor, o povo torna-se então mais amigo seu do que se o príncipe tivesse sido elevado aopoder por favor seu.”
Quando um líder é generoso e piedoso, e está sempre a conceder “presentes” ao seu povo, quando não os-dá é dado como ruim e reivindicações através de movimentos podem serfeitas. Portanto se ele for um líder rude e impiedoso, seu ato de generosidade como piedade, ou tal como sua generosidade, não passarão despercebidos.



“Aqueles que apenas por sorte se tornam...
tracking img