Fichamento o manifesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1075 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O MANIFESTO COMUNISTA

KARL MAX




“PROLETÁRIOS DE TODOS OS PAÍSES UNI-VOS!”



I - BURGUESES E PROLETÁRIOS

A História sempre foi assim - LUTA DE CLASSES - OPRESSOR E OPRIMIDO. Nas primeiras épocas históricas, em toda parte existia a divisão da sociedade em classes distintas. De um lado temos a burguesia moderna surgida das ruínas da sociedade feudal que trouxe novas condições deopressão. É uma classe oposta ao proletariado, que desempenhou na história um papel eminentemente revolucionário. Só podendo existir na condição de revolucionar, incessantemente; os instrumentos de produção, relações de produção e automaticamente todas as relações sociais. Pelo mercado, a burguesia se expande. A grande indústria moderna suplantou a manufatura e surgem os milionários da industria –OS BURGUESES MODERNOS.

Novas necessidades surgem com a indústria, ocasionando intercâmbio entre nações, objetivando suprir tais necessidades com produtos diversos – materiais e intelectuais.

No campo intelectual, o intercâmbio traz inúmeras literaturas nacionais e locais, nascendo a LITERATURA UNIVERSAL – com seus produtos, seus meios de produção, sua influência e seus preços baixos. Aimposição do seu modo de viver, por parte da Burguesia, às nações, subordinando o campo à cidade, ou seja, os Camponeses aos Burgueses. Passado tempo, as forças produtivas da Burguesia tornaram-se poderosas demais, gerando muitas crises. Estabeleceu-se a livre concorrência – supremacia econômica e política da Burguesia.

O Proletariado se volta contra a Burguesia, o qual serviu de armas para elacontra o Feudalismo. O Capital e a Burguesia se desenvolveram e com eles, o Proletariado que nada mais é, do que uma mercadoria da sociedade, pois está sujeita às influências da industrialização. Emprego de novas máquinas – redução do custo de operário – simples manutenção – diminuição de salário.

Todas as classes da população têm componentes que se tornam parte do Proletariado. Estes componentesse juntam, com decorrer de seu desenvolvimento, contra o burguês da localidade que os explora. Muitas vezes estes se unem na defesa de seu salário, chegando até mesmo a fundar associações permanentes para se prepararem.

Como consequência do crescimento da indústria foram disponibilizados meios de comunicação onde operários de várias localidades diferentes podem ter contato – pode concentrarlutas locais de mesmo caráter – podendo ocasionar uma luta nacional e dessa forma uma luta de classes. A organização do Proletariado em classe é sempre destruído pela concorrência que os próprios operários entre si, renascendo sempre mais poderosa, fazendo do Proletariado a única classe realmente revolucionária, que se rebela contra a superestrutura da ideologia capitalista. A Burguesia é incapaz dese manter dominante não assegura a existência de seu escravo, descendo o proletariado cada vez mais baixo, sem nutri-lo.

II – PROLETÁRIOS E COMUNISTAS

Chega-se à ligação do Proletariado ao Comunismo, tendo este como objetivo a constituição do Proletariado em classe, derrubada da Burguesia e o proletariado conquistar o poder político. Para Marx, após a tomada do poder seriam postas em práticaas seguintes medidas: imposto progressivo; expropriação da propriedade latifundiária e emprego da renda da terra em proveito do Estado; abolição da herança; trabalho obrigatório para todos; créditos, meios de transporte e fábricas centralizados na mão do Estado; combinação de trabalho agrícola e industrial; educação pública e gratuita para todos; e outras coisas mais. Nesse momento percebemos autopia na ideia de Marx, quando ele resume o Comunismo a seguinte frase: “ a busca do desenvolvimento de cada um é a condição para o livre desenvolvimento de todos”.

III - LITERATURA SOCIALISTA E COMUNISTA

1- O SOCIALISMO REACIONÁRIO – FEUDAL, PEQUENO –BURGUÊS, ALEMÃO, CONSERVADOR OU BURGUÊS, O SOCILISMO E O COMUNISMO UTÓPICOS E CRÍTICOS.


a) FEUDAL - Na revolução francesa de...
tracking img