Fernando pessoa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O tema deste trabalho é a vida de Fernando Pessoa. Através desse trabalho conseguimos compreender o que se passou na sua vida. Nos deparamos com várias poesias e prosas de cada um de seus heterônimos.

O objetivo geral deste trabalho é contribuir para que todas nós não só do grupo e sim toda a classe entenda sobre a vida de Fernando Pessoa e compreenda quem foram seusheterônimos.

A escolha do tema foi referente ao modernismo que estamos estudando em sala de aula, o que levou a professora escolher um poeta para ser exposto a toda classe para que todos nossos colegas possam compartilhar os conhecimentos que adquiriram juntos no decorrer da preparação do trabalho.

Para o grupo foi um trabalho satisfatório para ser discutido tanto em grupo como em sala.O ENIGMA EM PESSOA
Introdução à obra de Fernando Pessoa
 
[pic]
 

UMA VIDA E MUITAS INVENÇÕES
        Ao escrever sobre Fernando Pessoa, o poeta mexicano Octavio Paz declara que “os poetas não têm biografia. Sua obra é sua biografia”. Afirma ainda, que, no caso de Pessoa, “nada em sua vida é surpreendente -- nada, exceto seus poemas.” Homem de vida pública modesta, Fernando Pessoa dedicou-se a inventar. Através da poesia, criou outras vidas, despertando, assim, o interesse por sua própria vida tão pacata. Tornou-se, portanto, o enigma em pessoa.
 
[pic]
 
        Nascido em Lisboa, no dia 13 de junho de 1888, Fernando Pessoa perdeu o pai aos cinco anos de idade. Em 1896, a família se transfere, levada pelo segundo maridode sua mãe, para a cidade de Durban, na África do Sul. Lá, cursa o secundário, cedo revelando seu pendor para a literatura. Em 1903, ingressa na Universidade do Cabo.
 
[pic]
 
        Fernando Pessoa, educado em inglês, adquiriu o gosto pela poesia lendo Milton, Byron, Shelley, Edgar Allan Poe e outros poetas de língua inglesa.
        Deixando a família em Durban, o jovem estudante, que atépensava em inglês, retorna a Portugal. Fernando Pessoa matricula-se, então, no Curso Superior de Letras, que logo abandona, e entra em contato com os grandes escritores da língua portuguesa. Impressiona-se sobremaneira com os sermões do Padre Antônio Vieira (1608-1697) e particularmente com a obra de Cesário Verde (1855-1886), Em 1908 começa a trabalhar como tradutor de cartas comerciais paraempresas estrangeiras. Deste emprego modesto tirará o sustento durante toda a vida. Boêmio, encontra-se com os amigos em cafés, especialmente a "Brasileira do Chiado" para discutir literatura. Em 1912 conhece o poeta Mário de Sá-Carneiro (1890 - 1916), de quem se tornaria  grande amigo. Em Paris, no dia 26 de abril de 1916, Sá-Carneiro, após escrever cartas angustiadas a Fernando Pessoa, comete osuicídio.
        A revista Orpheu, fundada em 1915 por Fernando Pessoa, Mário de Sá Carneiro,
e outros amigos, como Almada Negreiros e Luís de Montalvor,  representa
o marco inicial do Modernismo em Portugal.
        Após a notoriedade, nem sempre positiva, adquirida com a publicação de Orpheu, Pessoa mergulha em anos de relativa obscuridade. Publica um pequeno volume de poemas em inglês, Antinuosand 35 Sonnets (1918), ensaios e poemas esporádicos em algumas revistas, funda outras, envolve-se com o ocultismo e a magia negra, dedica-se ao estudo da astrologia. Em 1934 publica, tomando dinheiro emprestado, o livro Mensagem, e com ele participa do prêmio "Antero de Quental". Recebe o prêmio de Categoria B. No dia 30 de novembro de 1935, morre de cirrose hepática.
        Fernando Pessoanunca teve, em vida, o reconhecimento que merecia.
Viveu modestamente, em relativa obscuridade. Em vida, teve apenas dois livros publicados: alguns poemas em inglês e Mensagem.
 













OS HETERÔNIMOS

[pic]
 
 
        Desde cedo, Fernando Pessoa inventara seus companheiros. Mas seria no dia  8 de março de 1914 que os heterônimos começariam a aparecer com toda a força....
tracking img