Fernanda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1245 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto de Educação Estadual de Maringá
Fernanda Caroline Lima de Souza nº 12
Fabiana Maria Costa nº11
Claudilene Barreto Campana nº08
Isadora Favero nº20
Homero Motti nº19

Economia

Maringá, 2012

Introdução

A economia é uma ciência social que se dedica ao estudo dos processos de produção, intercâmbio (troca) e consumo de bens e serviços. O vocábulo deriva do grego e significa “administraçãode um lar ou família”.
Em 1932, o Britânico Lionel Robbins trouxe outra definição sobre a ciência econômica, ao considerá-la como sendo o ramo que analisa a forma como os seres humanos satisfazem as suas necessidades ilimitadas com recursos escassos destinados a fins diferentes. Sempre que um homem decide utilizar um recurso para a produção de um determinado bem ou serviço, assume o custo de nãoo poder usar para a produção de outro qualquer, daí a designação custo de oportunidade. A função da economia consiste em proporcionar critérios racionais de modo a que os recursos sejam repartidos o mais eficientemente possível.
Em linhas gerais, podemos frisar duas correntes filosóficas relacionadas com a economia. Tratando-se de um estudo relativo a postulados podem ser verificados, designa-seeconomia positiva. Em contrapartida, se o estudo tiver em conta afirmações que se baseiam em juízos de valor não podendo ser comprovados, trata-se então da economia normativa.
Para o Alemão Karl Marx, a economia é a ciência que estuda as relações sociais de produção. Ao basear-se no materialismo histórico, Marx estuda o conceito do valor-trabalho, que defende que o valor tem a sua origem objetivaem função da quantidade de trabalho necessária para obter um bem.
Convém destacar que existem numerosas escolas (ou teorias) do pensamento econômico, que apresentam diferentes perspectivas de análise. O mercantilismo, o monetarismo, o marxismo e o keynesianismo são algumas delas.

Conceito de Economia
Segundo Paul A. Samuelson e William D. Nordhaus, economia pode ser definida como a ciência queestuda a forma como as sociedades utilizam os recursos escassos para produzir bens com valor e de como os distribuem entre os vários indivíduos. Nesta definição estão implícitas duas questões fundamentais para a compreensão da economia: por um lado a ideia de que os bens são escassos, ou seja, não existem em quantidade suficiente para satisfazer plenamente todas as necessidades e desejos humanos; poroutro lado a ideia de que a sociedade deve utilizar os recursos de que dispõe de uma forma eficiente, ou seja, deve procurar formas de utilizar os seus recursos de forma a maximizar a satisfação das suas necessidades.
Dito por outras palavras, a economia procura responder a três questões, as quais constituem os três problemas de qualquer organização econômica: o quê, como e para quem:
- O queproduzir e em que quantidades? Quais os produtos e serviços deverão ser produzidos por forma a satisfazerem da melhor forma possível as necessidades da sociedade?
- Como devem os bens ser produzidos? Que tecnologias e métodos de produção utilizar? Que matérias primas deverão ser utilizados para produzir determinado produto? Como maximizar a produção tendo em conta os recursos disponíveis?
- Para quemsão os bens produzidos? Como repartir pelos diferentes agentes econômicos os rendimentos disponíveis? Quem deverá ganhar mais e quem deverá ganhar menos?
Da forma como as sociedades respondem as estas três questões resultam diferentes sistemas de organização econômica - nos dois extremos podemos distinguir duas formas de organização econômica alternativa:
- Economias centralizadas ou de direçãocentral - neste tipo de economias as principais decisões quanto ao quê, ao como e ao para quem devem ser produzidos os bens são tomadas pelo governo;
- Economias de mercado - nestas economias é o próprio mercado (composto por quem oferece e por quem procura os bens) que decide a resposta às três questões que constituem os problemas de qualquer organização econômica
Contudo, na verdade não existem...
tracking img